Connect with us

Educação

Após cinco meses sem aula presencial, o Ministério da Educação dará internet aos alunos pobres para eles acessarem o ensino remoto

Publicado

dia

Inicialmente, o programa vai atender 400 mil alunos com renda mensal familiar por pessoa até meio salário mínimo. (Foto: Álvaro Henrique/Secretaria de Educação/ABr)

Depois de cinco meses da suspensão das aulas presenciais em decorrência da Covid-19, o Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta segunda-feira (17), programa de fornecimento de dados de internet para que estudantes de baixa renda de universidades e institutos federais acompanhem o ensino a distância.

“Fiquei contente embora, num primeiro momento, pudesse entender que foi um pouquinho tarde para tomarmos essa iniciativa”, disse o ministro da pasta, Milton Ribeiro, durante coletiva de imprensa. Ele atribuiu a demora ao percurso administrativo público e à burocracia interna.

Inicialmente, o programa vai atender 400 mil alunos com renda mensal familiar por pessoa até meio salário mínimo (R$ 522,50), em duas modalidades. Para aqueles que já têm pacote de dados móveis, será oferecido bônus. Para os que não têm, serão entregues chips com pacotes de dados.

A instituição de ensino ficará encarregada de entregar as informações dos estudantes para as operadoras. Segundo o MEC, o programa vai entrar em vigência em agosto para estudantes das 25 universidades e 15 institutos federais que já retomaram o ensino de forma remota. As demais vão receber o benefício conforme retomarem as aulas à distância.

Os planos vão de 5 GB a 40 GB, capacidades baseadas numa média mensal de uso de 20 GB, considerada pelo ministério e pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) na elaboração do programa. Com orçamento de R$ 24 milhões, o benefício vai se estender até 31 de dezembro, duração do estado de calamidade pública decretado pela Câmara dos Deputados. Segundo a pasta, a continuidade pode ser revista, a depender da evolução da pandemia.

Alunos que não residirem nos municípios em que existem campi das instituições federais deverão ser avaliados caso a caso. “Onde nenhuma das operadoras [envolvidas no programa] atender, a universidade vai tratar de forma específica”, disse o secretário de Educação Superior do MEC, Wagner Vilas Boas de Souza.

Leia também:  Faculdade Eficaz promove maior evento online de letras libras do Brasil Seminário de Letras Libras (SELLE) chega a 6° edição em formato inédito, com palestrantes de relevância nacional

Por meio de programa suplementar, as universidades podem atender através de recursos próprios alunos com renda familiar per capita mensal entre meio salário mínimo até um salário mínimo e meio (R$ 1567,50) – perfil considerado de vulnerabilidade social. São 900 mil alunos na rede federal que correspondem a esse intervalo de renda.

De acordo com o diretor-geral da RNP, Nelson Simões, esse programa lança as bases para inclusão de banda larga também nos domicílios dos alunos, facilitando a implementação de um modelo que mescle educação a distância e presencial no futuro.

O Sul

Continue lendo
Patrocinado
Clique para comentar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Saques e transferências do auxílio emergencial são liberados para mais 4,1 milhões nesta terça-feira

Publicado

dia

Por

Foto: Divulgação

A CEF (Caixa Econômica Federal) libera nesta terça-feira (29) saques e transferências de novas parcelas do Auxílio Emergencial para 4,1 milhões de beneficiários do programa nascidos em março, que tiveram o dinheiro creditado em poupança social digital no último dia 4 de setembro.

Também nesta terça, a Caixa paga a primeira parcela de R$ 300 (a sexta do Auxílio Emergencial) a 1,6 milhão de trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família, cujo número do NIS é terminado em 9. Os beneficiários fora do Bolsa Família já podiam usar os recursos para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual.

Na noite de segunda-feira, o governo divulgou as datas de pagamento das parcelas de R$ 300 do Auxílio Emergencial para beneficiários fora do Bolsa Família. Veja aqui como ficou o calendário, e aqui para tirar dúvidas sobre as novas parcelas.

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

O Sul

Continue lendo

Educação

Faculdade Eficaz promove maior evento online de letras libras do Brasil Seminário de Letras Libras (SELLE) chega a 6° edição em formato inédito, com palestrantes de relevância nacional

Publicado

dia

Por

Foto: Divulgação

A sexta edição do Seminário de Letras Libras (SELLE) chega repaginada. Antes realizado em Maringá com duração de dois dias, o SELLE 2020 será online pela primeira vez e sua programação se estenderá por uma semana inteira, de 28 de setembro a 2 de outubro. Com o tema “A Libras além das LIVES”, o evento contará com palestras de professores e oficinas de doutores e mestres em Libras de diversas regiões do Brasil, com temas que destacarão os avanços do ensino de Libras e o reconhecimento da formação profissional e atuação dos tradutores e intérpretes.

Este ano, o seminário promete alcançar um público ainda maior não só pelo novo formato, mas pelos palestrantes renomados que fazem parte da programação. “O SELLE sempre foi um evento muito esperado pelos nossos alunos. Este ano, por ser online, a ideia é expandir para um âmbito nacional. Acredito que esta sexta edição será um marco para a Faculdade Eficaz. O SELLE vai entrar na agenda dos estudantes de Libras de todo o Brasil, que vão ficar esperando pelo próximo ano”, diz a coordenadora de Ensino Superior da faculdade Eficaz, Silvia Christiane Goya.

Um dos nomes mais aguardados da programação é o professor Fernando de Carvalho Parente Junior, presidente da FEBRAPILS – Federação Brasileira das Associações dos Profissionais Tradutores e Intérpretes e Guia-Intérpretes de Língua de Sinais, que vai falar sobre o papel do intérprete na difusão da Libras na Sociedade. Além de palestras e oficinas, a grade traz ainda o show de stand-up comedy “Escolas: minha vida surda”, apresentado em Libras pelo ator Tales Douglas. Charley Pereira Soares (UFV); Carlos Henrique Rodrigues (UFSC); Kelly Cezar (UFPR), Isaac Gomes Moraes de Souza, do Instituto Nacional de Educação dos Surdos (INES) são outros destaques.

Leia também:  Secretaria de Educação disponibiliza canal online de comunicação para Rede Municipal

A captação e a transmissão serão feitas nos estúdios da Kandyany Eventos, referência em produção audiovisual no sul do Brasil. “O SELLE 2020 irá impressionar também pela estrutura. Estamos pensando em cada detalhe para que a experiência dos participantes seja inesquecível. Este ano o evento será maior do que todos os anos anteriores”, conta a fundadora e diretora geral da Faculdade Eficaz, Amanda Chaves.

“O que esperamos proporcionar é inclusão de forma digital, para ouvintes ou não. Queremos alcançar, também, o público não ouvinte, que hoje não está dentro da Eficaz. Vamos mostrar que a Eficaz tem um papel importante na inclusão os surdos, além de valorizar nossos intérpretes no mercado. Nossa expectativa é que todos se sintam cuidados e valorizados pela Eficaz”, revela.

Com a oferta de cursos para primeira e segunda graduação, pós-graduação e técnico em diferentes modalidades em Libras desde 2011, a Faculdade Eficaz foi pioneira no ensino de Libras no estado do Paraná. “Nós assumimos a causa e vamos embora, vamos brigar com eles e por eles. A gente inclui um número enorme de pessoas surdas, que eram simplesmente deixadas de lado. Elas são pessoas que votam, que têm opinião, que são formadoras de opinião”, defende Amanda.

Mais informações sobre os palestrantes e o tema das palestras estão disponíveis no site https://materiais.faculdadeeficaz.edu.br/selleinscricao, onde é possível fazer a inscrição no evento. As vagas são limitadas.
O SELLE 2020 é a uma realização da Faculdade Eficaz, com apoio da Febrapils, Educa Inova, Instituto Iddeti e Alfa Libras.

Continue lendo

Educação

Escolas da 36ª Coordenadoria Regional de Educação conquistam os primeiros lugares do RS no IDEB 2019

Publicado

dia

Por

Foto: Divulgação

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) é uma iniciativa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para avaliar o desempenho do sistema educacional brasileiro. Com seu resultado divulgado no dia 16/09/2020, trouxe o desempenho das escolas de ensino fundamental e ensino médio. Esses dados garantiram, para a 36ª CRE, o primeiro lugar no Ensino Médio, o primeiro e terceiro lugar para os Anos Finais, e segundo e terceiro lugar para os Anos Iniciais a nível estadual.

Os dados fornecidos pelo IDEB são de grande importância, uma vez que informam o desempenho das instituições em todo o território nacional, permitindo avaliar a situação da educação básica, e assim preparar medidas adequadas para elevar os níveis educacionais.
Sua divulgação ocorre a cada dois anos e no dia 16/09/2020, os dados referentes ao ano de 2019 além também das projeções para o ano de 2021 foram exibidos.
Os dados divulgados proporcionaram uma grande notícia para a região da 36ª Coordenadoria Regional de Educação. Entre as 60 escolas de ensino fundamental e médio sob abrangência, a 36ª conquistou, entre as escolas da rede estadual do estado, no Ensino Médio garantindo o 1º Lugar, em todas as redes de ensino, o Colégio Tiradentes da Brigada Militar de Ijuí, nos anos finais do Ensino Fundamental, o 1º Lugar com a E.E.E. Fundamental Barão do Rio Branco de Catuípe, e 3º Lugar com a E.E.E. Fundamental Adolfo Kepler de Panambi, e nos anos iniciais o 2º Lugar com a E.E.E. Básica Poncho Verde também de Panambi e 5º Lugar E.E.E Fundamental Rui Barbosa de Ijuí
Conforme a fala do Coordenador Regional de Educação Cláudio da Cruz de Souza, o resultado do IDEB é um balizador das políticas públicas para educação, além de apontar o que precisa avançar e melhorar em cada escola e redes de ensino. Estamos comemorando os resultados das escolas da nossa abrangência que conquistaram resultados de projeção estadual, superando inclusive as metas para o IDEB 2021. Parabenizamos todas as escolas da abrangência da 36ª CRE pelo brilhante resultado que coloca a região como uma das melhores do RS. Parabéns as equipes diretivas e pedagógicas, professores, funcionários e aos nossos alunos, o resultado é de vocês.

Leia também:  Ijuí: Concurso público municipal é suspenso

Continue lendo

Newsletter

Receba as Notícias do site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana