Connect with us

Economia

Calçados Beira Rio demite cerca de 700 funcionários, segundo o sindicato do Calçado e Vestuário

Publicado

dia

Funcionários se dirigiram até a empresa na manhã desta quarta-feira para encaminhar o processo de rescisão (Foto: Eduarda Wenzel/Folha do Mate)
Quer receber notícias do Ijuí Notícias pelo whatsapp? Clique aqui

Direção da empresa Calçados Beira Rio e funcionários estiveram em reunião na manhã desta quarta-feira, 18. Durante o encontro, foi comunicado o desligamento de aproximadamente 700 funcionários, dos mais de 800 que atuavam na unidade de Mato Leitão. A empresa foi acometida de um incêndio de grandes proporções na madrugada de terça-feira, 17, quando grande parte da estrutura foi atingida.

Conforme o Sindicato dos Trabalhadores do Calçado e Vestuário de Venâncio Aires e Mato Leitão, em entrevista à Rádio Terra FM, os demais trabalhadores, que permanecem atuando na Beira Rio, serão realocados nas filias de Santa Clara do Sul e de Roca Sales. Até 20 empregados permanecerão na unidade da Cidade das Orquídeas.

O diretor do sindicato, Fábio Alves, também informou que a empresa teria se comprometido com os trabalhadores de recontratá-los após a reabertura da unidade. As obras para reconstrução dos prédios podem levar de oito meses a um ano.

Alves ainda destacou que a empresa tentará, nesse período de reconstrução, fortalecer o número de ateliês – empresa terceirizadas – que fornecem serviços para a unidade. A intenção também é tentar intermediar a criação de, pelo menos, dois empreendimentos desse segmento, que juntos poderiam empregar até 300 trabalhadores.

A empresa ainda não se posicionou oficialmente sobre o assunto.

O INCÊNDIO

Um incêndio de grandes proporções destruiu grande parte das instalações da empresa na madrugada de terça-feira, dia 17, a partir das 2h. O Corpo de Bombeiros Militar (CBM) de Venâncio foi acionado para combater o incêndio, mas foi preciso reforço da unidade de Lajeado. Quatro caminhões da corporação atuaram no combate ao fogo. As suspeitas são de que o incêndio começou a partir do sistema de climatização.

Leia também:  Caixa retoma pagamento do auxílio a 3,6 milhões nesta quarta

 

Fonte: Folha do Mate

Continue lendo
Patrocinado
Clique para comentar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter

Receba as Notícias do site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana