Connect with us

Brasil

Caminhoneiros organizam paralisação nacional para 1º de fevereiro contra alta nos combustíveis

Publicado

dia

Quer receber notícias do Ijuí Notícias pelo whatsapp? Clique aqui

Brasil – Entidades representantes de caminhoneiros decidiram pela paralisação geral da categoria, em todo o Brasil, no próximo dia 1º de fevereiro. A decisão foi tomada na Assembleia Geral Extraordinária do Conselho Nacional de Transporte Rodoviário de Cargas (CNTRC), realizada nesta terça-feira, 5.

 

A principal reivindicação da categoria é contra a alta no valor dos combustíveis, considerada abusiva. Os caminhoneiros também buscam, entre outras pautas, o estabelecimento de um piso mínimo de frente para o transportador autônomo, aposentadoria especial, marco regulatório do transporte e uma fiscalização mais atuante da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

 

Segundo o Sindicato dos Transportadores Autônomos de Bens de Feira de Santana e Região (Sintracam), a orientação é que no dia 1º de fevereiro os caminhoneiros fiquem em casa. “Nas rodovias, só vai passar ônibus e carro pequeno. Caminhão não passa”, diz o representante de classe.

Fonte: A Tarde

Continue lendo
Patrocinado
Clique para comentar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

PIS paga nesta terça

Publicado

dia

Por

Quer receber notícias do Ijuí Notícias pelo whatsapp? Clique aqui

Aniversariantes de janeiro e fevereiro recebem o abono. O valor máximo é de uma salário-mínimo, R$ 1.100.

 

Trabalhadores que nasceram em janeiro e fevereiro e tem direito ao pis, poderão sacar o abono a partir desta terça-feira, dia 19 de janeiro.

 

O dinheiro é para quem trabalhou pelo menos um mês de carteira assinada em 2020. O pis é pago para quem recebe até dois salários-mínimos por mês.

O valor do abono é de acordo com a quantidade de meses que o trabalhador esteve empregado no ano base.

 

O valor máximo é de uma salário-mínimo, mil e 100 reais, pago para quem trabalhou os 12 meses. Já para quem trabalhou apenas um mês fixado, por exemplo, o pis será de 92 reais.

A novidade é que o trabalhador poderá movimentar o recurso pelo aplicativo caixa tem, o mesmo utilizado para o auxílio emergencial. Lá é possível pagar boletos ou transferir o dinheiro para qualquer conta sem a cobrança de taxa.

 

O próximo pagamento do pis está previsto para o dia 11 de fevereiro e vai liberar o abono de aniversariantes de março e abril.

Continue lendo

Economia

Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras

Publicado

dia

Por

Foto: Agência Brasil
Quer receber notícias do Ijuí Notícias pelo whatsapp? Clique aqui

A Petrobras reajustou o preço médio do litro da gasolina vendida nas refinarias em R$ 0,15. O novo valor será de R$ 1,98 para as revendedoras e entrará em vigência a partir desta terça-feira (19). O preço final aos motoristas dependerá de cada posto de combustíveis, que tem suas próprias margens de lucro, além do pagamento de impostos e custos com mão de obra.

“Os preços praticados pela Petrobras têm como referência os preços de paridade de importação e, desta maneira, acompanham as variações do valor do produto no mercado internacional e da taxa de câmbio, para cima e para baixo. No ano de 2020, o preço médio da gasolina comercializada pela Petrobras atingiu mínimo de R$ 0,91 por litro”, esclareceu a companhia.

 

Segundo a Petrobras, dados do Global Petrol Prices, referentes ao último dia 11, indicavam que o preço médio ao consumidor de gasolina no Brasil era o 52º mais barato dentre 165 pesquisados, estando 21,6% abaixo da média de US$ 1,05 por litro.

 

De acordo com levantamento da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), feito na semana entre os dias 10 e 16 de janeiro, o litro médio da gasolina comum no país custava R$ 4,572; o do diesel, R$ 3,685; o do etanol, R$ 3,202, e o botijão de 13 kg, R$ 76,50.

 

O Sul

Continue lendo

Brasil

Caixa é a nova gestora do DPVAT

Publicado

dia

Por

A Caixa também lançará o App DPVAT - Foto: Agência Brasil
Quer receber notícias do Ijuí Notícias pelo whatsapp? Clique aqui
O serviço de atendimento pode ser feito a partir desta segunda (18) em qualquer agência do banco

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou, nesta segunda-feira (18), o novo serviço contemplado pelo banco: o Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres, ou por sua Carga, a Pessoas Transportadas ou Não (DPVAT).

O contrato firmado entre a Caixa e a Superintendência de Seguros Privados (Susep), vinculada ao Ministério da Economia, torna o banco público responsável pelo atendimento e pagamento das indenizações envolvendo vítimas de acidentes ocorridos a partir de 1° de janeiro de 2021.

“Hoje, nós anunciamos mais um benefício aos brasileiros, que é o pagamento do DPVAT pela Caixa. Este é um movimento muito importante para minimizar problemas, fraudes, em especial, às pessoas mais humildes”, ressaltou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Solicitações

As solicitações já podem ser feitas a partir desta segunda-feira (18) em uma agência da Caixa. O pagamento da indenização será feito, se a solicitação for aprovada, em 30 dias em uma Conta Poupança Social da Caixa, no Caixa Tem, em nome da vítima ou dos beneficiários, dependendo do caso.

A modalidade de banco virtual já é conhecida por alguns brasileiros, já que é a mesma utilizada para receber benefícios sociais, como o Auxílio Emergencial.

A Caixa também lançará o App DPVAT. Com ele, será possível fazer o upload de documentos e acompanhar a solicitação.

A superintendente da Susep, Solange Vieira, disse que a operação pode chegar a até 600 mil benefícios pagos no ano de 2021. “Podemos oferecer para o contribuinte um produto importante para as pessoas, em um momento difícil da população, e com o preço zero”, afirmou.

Sobre o DPVAT

O DPVAT é um seguro obrigatório, criado pela Lei n° 6.194/74, com a finalidade de amparar as vítimas de acidentes de trânsito em todo o território nacional, incluindo motoristas, passageiros e pedestres ou os beneficiários.

Leia também:  IBGE abre concurso para 208 mil vagas

A indenização é paga em casos de morte, invalidez permanente total ou parcial e para reembolso de despesas médicas e hospitalares da rede privada por danos físicos causados por acidentes com veículos automotores de via terrestre ou pelas cargas.

Atualmente, os valores de indenização do DPVAT podem chegar a até R$ 13.500 no caso de morte e invalidez. As despesas médicas e hospitalares são reembolsadas em até R$ 2.700, considerando os valores gastos pela vítima no tratamento.

Mais informações sobre o DPVAT, acesse ou pelo telefone 0800 726 0207.

Fonte: Site do Governo

Continue lendo

Newsletter

Receba as Notícias do site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado

Mais lidas da semana

O conteúdo do Ijuí Notícias Agora é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.