Connect with us

Esporte

Grêmio vence o Botafogo por 3 a 1 na Arena pelo Brasileirão

Publicado

dia

Pepê foi destaque na partida. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Quer receber notícias do Ijuí Notícias pelo whatsapp? Clique aqui

O Grêmio venceu o Botafogo na Arena por 3 a 1, nesta quarta-feira (14) em partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, em partida iniciada às 19h15min. O Tricolor vinha de derrota para o Santos e está na 14ª colocação, com 20 pontos ganhos. Quem abriu o placar foram os cariocas, com Caio Alexandre, mas os gaúchos empataram com Diego Souza e ampliaram com Pepê, garantindo a vitória mesmo com um a menos – o autor do primeiro gol foi expulso na etapa complementar. Com o resultado, o Tricolor soma três pontos, chega a 20 pontos, ocupando a 10ª posição na tabela de classificação.

O jogo

Mesmo com um a menos, o Tricolor venceu por 3 a 1 o time carioca, com gols do centroavante, anotado no primeiro tempo e de Pepê, por duas vezes, no segundo.

Com o retorno do zagueiro Geromel, recuperado de Covid-19 e de Matheus Henrique, que cumpriu suspensão na última partida, Renato contou com quase todo o grupo a disposição. Colocou em campo Vanderlei, Victor Ferraz. Geromel, Rodrigues, Diogo Barbosa, Matheus Henrique, Maicon, Robinho, Alisson, Pepê e Diego Souza.

O jogo estava equilibrado e disputado, mas uma das primeiras oportunidades de gol saiu do lado carioca, quando após um cruzamento na área, Caio Alexandre arrematou próximo a meia-lua, mandando à direita do gol.

Aos 4 minutos, o Grêmio fez uma grande jogada e levou perigo a meta adversária. Matheus acionou Victor Ferraz à direita, na linha de fundo. O lateral fez o cruzamento no segundo poste, Diego Souza subiu, mas a zaga desviou e afastou o perigo. Ainda no ataque, agora em cobrança de escanteio, Robinho colocou na área, a bola passou por todo mundo e chegou aos pés de Alisson, que finalizou, mas bateu fraco, para a defesa de Cavalieri.

Leia também:  Partida entre Grêmio e Internacional causa alterações no trânsito em Porto Alegre

O Tricolor chegou novamente próximo aos 10’, quando Alisson fez boa jogada individual, passou pela marcação e tentou a finalização por cobertura, mas pegou mal e a bola saiu. Outra chance saiu dos pés de Victor Ferraz, que fez um cruzamento buscando Diogo Barbosa, mas o lateral subiu junto com Kevin e a bola se perdeu pela linha de fundo.

Passados 25’, o Botafogo chegou com Guilherme Santos, que deu um passe para Rentería, finalizar de fora da área e mandar pra fora.

O Grêmio conseguiu abrir o placar na Arena aos 33 minutos, quando Robinho, pela direita, fez um cruzamento no meio da área. Alisson escorou para Diego Souza mandar para o fundo do gol, colocando o Tricolor na frente.

Quase que o Tricolor ampliou minutos depois – Diego Souza cruzou da esquerda, a bola desviou na zaga e Alisson tentou concluir, mesmo sem ângulo. A bola bateu na rede, pelo lado de fora.

O Botafogo conseguiu empatar a partida aos 40 minutos, após uma cobrança de falta. A bola foi colocada no segundo poste, Pedro e Victor Ferraz dividiram e ela sobrou para Matheus Babi, que mandou para o fundo das redes.

O Grêmio voltou igual para o segundo tempo e logo foi efetivo, em sua primeira chegada ao ataque. Depois de uma bola bem trabalhada, Diego deu assistência de costas para o gol para o camisa 25 soltar uma bomba e estufar as redes, colocando o Tricolor novamente a frente no marcador, aos 2 minutos.

Após uma dividida com Guilherme Santos, Diego Souza acabou expulso da partida, por deixar o pé depois do lance no adversário. Diante do cenário, o técnico Renato fez sua primeira alteração, tirando Robinho e colocando Isaque, aos 10’.

Leia também:  Inter enfrenta o Vasco pelo Brasileirão no Beira-Rio

Os cariocas tentaram buscar o placar e chegaram com uma jogada de Rhuan pela esquerda, que cruzou na área. A bola sobrou para Pedro Raul, que tentou de bicicleta, mas a bola foi para fora. Em seguida, foi a vez de Matheus Babi finalizar quase sem ângulo, mas Vanderlei fez a defesa.

Com 20 minutos jogados, o Grêmio conseguiu chegar ao seu terceiro gol. Depois de uma jogada rápida, Victor Ferraz acionou Pepê invadindo a pequena área, que recebeu e mandou para o fundo do gol, entre as pernas de Diego Cavalieri, assinalando mais um na partida.

O Botafogo ameaçou e buscou encostar no marcador. Em uma nova oportunidade, Matheus Babi recebeu e rolou para Kalou, que mandou por cima do gol de Vanderlei.

Passados 40 minutos, o Tricolor ainda tentou com Pepê, que saiu no contra-ataque, mas acabou parado com falta de Kanu.

Grêmio – Técnico Renato Portaluppi

Vanderlei, Geromel, Rodrigues, D. Barbosa, Maicon (Lucas Silva), Robinho, M. Henrique, V. Ferraz, Alisson, Pepê (Cortez), Diego S.

Botafogo – Técnico Bruno Lazaroni

Cavalieri, Kevin, Kau, Sousa, Guilherme, Victor Luis, Renteria, Caio Alexandre, Rhuan, Matheus Babi, Pedro Raul.

Arbitragem

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Auxiliar 1: Danilo Ricardo Simon Manis (SP)
Auxiliar 2: Daniel Luis Marques (SP)
VAR: Jose Claudio Rocha Filho (SP)

O Sul

Continue lendo
Patrocinado
Clique para comentar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cultura

Ijuí será sede da 1ª Volta Ciclística Terra das Etnias

Publicado

dia

Por

Pixabay
Quer receber notícias do Ijuí Notícias pelo whatsapp? Clique aqui

A Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo ( SMCET) informa que neste domingo, 25, Ijuí irá sediar a 1ª Volta Ciclistica Terra das Etnias, evento esportivo válido pelo Campeonato Noroeste de Ciclismo 2020.

 

A prova acontecerá no asfalto novo da saída Velha para Catuípe, local que será montado um percurso de 5 km e terá o seguinte cronograma de largadas:

 

1º BATERIA-     08h 

FEM MTB A   4 VOLTAS

FEM MTB B  4 VOLTAS

CITADINO MASC    4 VOLTAS

MASTER MTB A    5 VOLTAS

MTB MASTER B    5 VOLTAS

MTB MASTER C    5 VOLTAS

PCD    4 VOLTAS

ESTREANTE F    6 VOLTAS

 

2º BATERIA –    09h

MASTER B1   7 VOLTAS

MASTER B2   7 VOLTAS

MASTER C   6 VOLTAS

FEMININO A   6 VOLTAS

FEMININO B  6 VOLTAS

 

3º BATERIA   –  10h30

ELITE   12 VOLTAS

MASTER A1  10 VOLTAS

MASTER A 2   10 VOLTAS

ESTREANTE M   8 VOLTAS

 

O Evento esportivo foi autorizado pelo Comitê de Enfrentamento a Covid-19 e seguirá todas as recomendações sanitárias da Nota informativa 18 COE/SES – RS.

A 1ª Volta Ciclística Terra das Etnias é organizada pela Associação de Ciclismo Ijuí Bikers (ACIB) e conta com o apoio da SMCET. Para a realização do evento é salientado que a saíde velha do bairro Alvorada ( Avenida Alfredo Steglich) estará bloqueda para evitar o tráfego de veículos durante o evento.

Fonte: Executivo de Ijuí

Continue lendo

Esporte

Em noite de Libertadores, Inter perde para Universidad Católica mas garante classificação para as oitavas

Publicado

dia

Por

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional
Quer receber notícias do Ijuí Notícias pelo whatsapp? Clique aqui

Com Thiago Galhardo no banco e D’Alessandro titular no time colorado, o Inter de Eduardo Coudet entrou em campo na noite desta quinta-feira (22) em busca da classificação para as oitavas da Libertadores. Em 2° lugar no grupo E, o colorado também desejava a liderança.

O bola começou a rolar e o dois times tentando se conhecer, as duas equipes apostando no contra ataque, e aos 4 minutos o  Universidad Católica teve seu primeira chance, Pinares chutou cruzado. Zampedri se atirou e tocou, mas não conseguiu colocar a direção na bola.

O Inter apostou em um posicionamento diferente, Coudet alterou a formação com Nonato mais recuado. Um 4-2-3-1, com D’Alessandro como meia central. Sem a bola, Inter se armou no 4-4-2. D’Ale e Yuri ficam mais adiantados. Pottker (direita) e Peglow (esquerda) fecharam a segunda linha. E com isso, tentava trocar passes mas a Universidad Católica ia bloqueando a àrea.

E aos 17, o Inter conseguiu montar sua primeira chance perigosa, Yuri recuperou a bola e acionou  D’Alessandro, que chutou forte. Dituro salvou a Católica. Sem dar tempo para se lamentar Pinares recebeu em frente à área, dominou e soltou a bomba. A bola explodiu no travessão. O Inter se salvou.

Mas foi nos minutos seguintes que o Inter se viu à frente no placar, Pinares se chocou om Musto e fez a falta dentro da área, pênalti para o Inter! E foi o camisa 10 quem bateu, D’Alessandro cobrou no canto esquerdo de Dituro, que caiu para o lado direito, 1×0 para o Inter no placar. Porém, novamente a resposta foi imediata, Musto errou ao ser pressionado por Fuenzalida e Lescano. Zampedri aproveitou, avançou com a bola e chutou, Cuesta se atirou, desviou e a bola encobriu Lomba.

Após uma reta final sem sustos, o primeiro tempo ia se encerrando em 1×1.

Leia também:  O Grêmio tem o terceiro caso de contaminação por coronavírus em sua diretoria

Ao apitar o segundo tempo o Inter veio atrás da vitória, aos 2 minutos tentou com Pottker, que tocou para Nonato, que se atrapalhou, cai e mandou a bola direto pela linha de fundo.

Aos 13, primeira boa chance do colorado, Rodinei recebeu na direita e soltou a bomba. Dituro fez uma grande defesa evitando o gol do Inter. Coudet tentava dar intensidade e agressividade ao Inter com a saída de Peglow e Pottker. Com a entrada de Edenílson e Marcos Guilherme por dentro, Nonato passou a atuar aberto pela esquerda.

Aos 28 minutos, uma perda inacreditável! Yuri aproveitou a confusão da zaga, driblou Dituro e chutou. Huerta tirou em cima da linha. Em resposta, a Católica foi ao ataque! Pinares errou o chute, a bola bateu em Zampedri. Lomba segurou.

Mais uma chance quando o relógio ia marcando 31 minutos, Edenilson avançou para o campo de ataque, esperou Yuri passar e tocou. O atacante demoro e chutou, mas o jogador Parot, da Católica, travou.

E ao apagar das luzes, nos 43 minutos, gol da Universidad Católica! Cuesta tentou proteger, caiu. Puch cruzou, Moledo cortou. Mas Zampedri não desistiu, deu uma bicicleta e mandou para o fundo das redes.

E o jogo foi se encerrando e o placar se manteve. Mesmo com a derrota, o Inter se classificou para as oitavas de final.

Escalações:

Universidad Católica:

Dituro; Rebolledo, Lanaro, Huerta e Parot; Saavedra, Fuezalida, Pinares e Lezcano; Zampedri e Puch.

Inter:

Marcelo Lomba; Rodinei, Rodrigo Moledo, Cuesta e Uendel; Musto, Nonato e Peglow; D’Alessandro e Pottker.

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

O Sul

Continue lendo

Esporte

O Grêmio empata em 1 a 1 com América de Cali e confirma classificação em primeiro lugar no Grupo E da Libertadores

Publicado

dia

Por

Com o resultado, o Tricolor confirmou a classificação às oitavas de final como primeiro colocado do Grupo E, com 11 pontos. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
Quer receber notícias do Ijuí Notícias pelo whatsapp? Clique aqui

O Grêmio encerrou, na noite desta quinta-feira (22), na Arena, a fase de grupos da Libertadores. Com gol de pênalti no último lance do jogo, marcado por Diego Souza, os gremistas empataram em 1 a 1 com o América de Cali. Com o resultado, o Tricolor confirmou a classificação às oitavas de final como primeiro colocado do Grupo E, com 11 pontos somados.

O sorteio dos jogos da primeira fase dos mata-mata está marcado para esta sexta-feira (23), às 12h.

Primeiro tempo

O início da partida foi de muito equilíbrio, sem grandes oportunidades claras no ataque, para os dois lados. A primeira chance do Tricolor saiu aos 9 minutos, pela direita, com Victor Ferraz acionando Orejuela quase na entrada da área, mas a defesa colombiana conseguiu o corte preciso e anulou a jogada.

Já aos 14’, Orejuela foi novamente acionado na ponta direita, partiu em direção a linha de fundo e chutou cruzado. A bola passou com muito perigo e saiu à direita da meta defendida por Graterol.

Com 23’ jogados, o Grêmio teve uma oportunidade desta vez em bola parada. Lucas Silva cobrou, chutando forte e rasteiro, mas a bola passou raspando a trave esquerda e saiu. Do outro lado, aos 30’, os colombianos chegaram pela primeira vez com Arrieta pela meia direita – o lateral finalizou o rebote, mas mandou fraco e a bola saiu à direita da meta de Vanderlei.

O América teve uma falta frontal a seu favor, passados 32 minutos. Carrascal cobrou, mandando direto, mas por sobre o gol tricolor, sem perigo. Três minutos depois, o Grêmio teve um escanteio a seu favor. Robinho levantou na área, Kannemann tentou desviar, mas a bola foi afastada pela defesa.

Aos 40’, os adversários tentaram com Vergara, que saiu em velocidade pela esquerda e acionou Carrascal, que chutou forte, mas mandou pra fora. Em seguida, em uma nova chance, o time visitante chegou em cobrança de falta. Perez cobrou, mas a bola explodiu no meio da barreira.

Leia também:  Partida entre Grêmio e Internacional causa alterações no trânsito em Porto Alegre

Segundo tempo

O Grêmio voltou um pouco mais ofensivo para a etapa complementar, com as alterações promovidas no intervalo pelo técnico Renato Portaluppi. Isaque e Luiz Fernando ocuparam os lugares de Lucas Silva e Orejuela.

Antes do minuto inicial, o Tricolor já levou perigo, quando Pepê acionou Luiz Fernando na entrada da área. O atacante recebeu, girou e finalizou, mas pra fora. Em seguida, foi a vez de Pepê mandar a gol, mas a defesa desviou e a bola saiu a escanteio.

Aos 3’, mais uma chance gremista, quando Pepê desceu pela esquerda e cruzou. A bola chegou a Robinho que mandou uma bomba, mas sobre a meta.

Depois de uma boa jogada trabalhada pela direita, Luiz Fernando foi derrubado na área e a arbitragem assinalou pênalti. Robinho cobrou, mas o goleiro defendeu, aos 7 minutos. No lance, o arqueiro colombiano logo lançou o time em contra-ataque. Vergara recebeu e tentou um cruzamento, mas Kannemann desviou, acabando por marcar contra e colocando a equipe visitante na frente.

Com 25’, Victor Ferraz colocou na área para Éverton. O atacante tentou o domínio, mas a bola acabou se perdendo pela linha de fundo. No lance seguinte, O Tricolor desceu pela direita, Diego Souza fez um cruzamento preciso para Éverton, que desviou de cabeça, mas a bola saiu à direita da meta.

Próximo aos 40 minutos, o Grêmio teve uma falta a seu favor. A bola foi levantada na área, direto nas mãos do goleiro colombiano, que fez a defesa.

O Tricolor ainda tentou o gol de empate com Ferreira, que invadia a área, dividiu com a marcação e acabou se desequilibrando na área, mas nada foi assinalado.

Na reta final da partida, Kannemann acabou expulso após se estranhar com Cabrera.

Aos 53 minutos, no último lance da partida, o Tricolor teve um pênalti a seu favor. Diego Souza foi para a cobrança e converteu, mandando no canto direito da meta colombiana, decretando o empate em 1 a 1 na Arena.

Leia também:  O Grêmio estreia na Libertadores da América nesta terça diante do América de Cali

Ficha técnica

Grêmio: Vanderlei, Victor Ferraz, Pedro Geromel, Kannemann, Diogo Barbosa, Lucas Silva (Isaque), Maicon (Everton), Robinho (Thaciano), Orejuela (Luiz Fernando), Pepê (Ferreirinha).  Técnico: Renato Portaluppi.

América de Cali: Graterol, Arrieta, Marlon Torres, Segovia, Velasco, Paz, Sierra (Jaramillo), Carrascal, Moreno (Cabrero), Vergara, Juan Pérez (Arias).  Técnico: Juan Cruz Real.

Arbitragem: Fernando Rapallini (ARG), auxiliado por Ezequiel Brailovsky (ARG) e Diego Bonfa (ARG).

O Sul

Continue lendo

Newsletter

Receba as Notícias do site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado

Mais lidas da semana