Connect with us

Geral

Ijuí com bandeira vermelha e prefeito divulga novas determinações em decreto

Publicado

dia

DECRETO Nº 7.186, DE 17 DE AGOSTO DE 2020

 

Recepciona o Decreto Estadual que determina a aplicação das medidas sanitárias segmentadas de que trata o art. 19 do Decreto Estadual nº 55.240, de 10 de maio de 2020, que institui o Sistema de Distanciamento Controlado para fins de prevenção e de enfrentamento à epidemia causada pelo novo Coronavírus (COVID-19) no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, para a semana de 18 a 24 de agosto de 2020 e inclui e altera dispositivos do Decreto Municipal nº 7.013, de 1º de abril de 2020.

O PREFEITO DE IJUÍ, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso das atribuições conferidas pela Lei Orgânica do Município e;

Considerando a Lei Nacional nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, que dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do coronavírus responsável pelo surto de 2019;
Considerando que o Estado do Rio Grande do Sul publicou o Decreto nº 55.115, de 13 de março de 2020, declarando calamidade pública em todo território estadual;
Considerando o Decreto do Congresso Nacional nº 6, de 20 de março de 2020, que reconhece a ocorrência de Calamidade Pública Nacional;
Considerando o Decreto Municipal nº 6.987, de 25 de março de 2020, que declara estado de calamidade pública no território do município de Ijuí/RS;
Considerando o Decreto Municipal nº 7.013, de 1º de abril de 2020, que reitera o estado de calamidade pública e estabelece medidas complementares de prevenção ao contágio pelo novo Coronavírus (COVID-19) no âmbito do Município de Ijuí e dá outras providências;
Considerando o Decreto Estadual nº 55.240, de 10 de maio de 2020, que institui o Sistema de Distanciamento Controlado para fins de prevenção e de enfrentamento à epidemia causada pelo Novo Coronavírus (COVID-19), no âmbito do Rio Grande do Sul, reiterando a declaração de estado de calamidade pública em todo o seu território feita pelo Decreto Estadual nº 55.128, de 19 de março de 2020;
Considerando a informação prestada pelo governo do Estado do Rio Grande do Sul, que, de forma definitiva, o Município de Ijuí deverá adotar as medidas previstas para a bandeira vermelha do Sistema de Distanciamento Controlado a partir do dia 18 de agosto de 2020, DECRETA:

Leia também:  Facção cita ijuienses ao assassinar homem em Cruz Alta

Art. 1º Fica recepcionado no Município de Ijuí o Decreto Estadual que determinará a aplicação das medidas sanitárias segmentadas, definidas em protocolos, para a semana de 18 a 24 de agosto de 2020.

Art. 2º As medidas de que trata o art. 1º deste Decreto terão vigência da zero hora do dia 18 de agosto de 2020 às 24 horas do dia 24 de agosto de 2020, conforme o disposto no art. 7º do Decreto Estadual nº 55.240, de 10 de maio de 2020, e no Decreto Estadual que determina a aplicação das medidas sanitárias segmentadas definidas nos protocolos, para a semana de 18 a 24 de agosto de 2020.

Art. 3º Fica incluído o Capítulo III-A e os arts. 35-A e 35-B no Decreto Executivo nº 7.013, de 1º de abril de 2020, com a seguinte redação:

“Capítulo III-A
Das Medidas Obrigatórias em Bandeira Vermelha

Art. 35-A De forma excepcional e com o interesse de resguardar a coletividade, os seguintes estabelecimentos, além de cumprir com as medidas do Sistema de Distanciamento Controlado do Estado do Rio Grande do Sul, estabelecidas conforme o Decreto Estadual nº 50.240, de 10 de maio de 2020, deverão respeitar as seguintes determinações complementares, enquanto vigente a Bandeira Vermelha:

I – ficam suspensas todas as atividades presenciais em igrejas, templos, centros religiosos e congêneres;

II – fica vedada a abertura das lojas de conveniência em postos de combustíveis, dentro do perímetro urbano, excetuadas as localizadas às margens de estradas e rodovias estaduais e federais;

III – os restaurantes à la carte, prato feito e buffet sem autosserviço (CNAE 56), terão seu funcionamento no formato presencial restrito, somente permitido das segundas às sextas-feiras, entre as 10h e as 17h, excetuados os localizados às margens de estradas e rodovias estaduais e federais, permitido a tele-entrega e drive-thru;

Leia também:  Secretaria Municipal de Administração informa sobre edital de contratação de 60 profissionais da saúde em Ijuí referente à pandemia do coronavírus

IV – as farmácias e drogarias terão seu funcionamento para atendimento ao público permitido somente entre as 7h e as 20h, admitido a tele-entrega e drive-thru;

V – o comércio de veículos (CNAE 45); comércio atacadista – não essencial (CNAE 46); comércio varejista – não essencial (CNAE 45); e o comércio varejista – não essencial (centro comercial e shopping) (CNAE 47) terão seu funcionamento no formato presencial restrito, somente permitido das terças às sextas-feiras, entre as 9h e as 12h e entre as 13h e as 17h.

Parágrafo único. Além do distanciamento e dos demais protocolos de higienização obrigatórios, o estabelecimento de que trata o inciso III deverá respeitar o limite de até 4 (quatro) clientes por mesa.

Art. 35-B Ficam suspensas as realizações de assembleias e reuniões de forma presencial, devendo, quando necessárias, serem realizadas de forma virtual/on-line.” (NR)

Art. 4º Fica inserido o parágrafo único e alterada a redação do caput e de seus incisos I, II e III do art. 12-C do Decreto Municipal nº 7.013, de 1º de abril de 2020, a vigorar com a seguinte redação:

“Art. 12. – C Os postos de combustíveis poderão funcionar somente nos seguintes horários:

I – de segundas-feiras aos sábados: das 6 às 19 horas;

II – aos domingos: das 6 às 18 horas.

Parágrafo único. Excetuam-se da restrição contida no caput deste artigo, os postos de combustíveis e suas respectivas lojas de conveniência localizados nas margens das rodovias federais e estaduais no perímetro urbano do município.” (NR)

Art. 5º Este Decreto entra bem vigor em 18 de agosto de 2020.

Gabinete do Prefeito de Ijuí, em 17 de agosto de 2020.

VALDIR HECK
Prefeito

Registre-se e Publique-se.

TELMO ELEMAR RAMOS ALVES
Secretário de Governo

Leia também:  Prisão por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo em Ijuí

Continue lendo
Patrocinado
Clique para comentar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Nova diretoria para o HCI de Ijuí

Publicado

dia

Por

Foto: HCI

Na manhã de quarta-feira, dia 30 de setembro, no auditório da instituição hospitalar, assumiu a presidência da Associação Hospital de Caridade Ijuí, o engenheiro civil Paulo Roberto Stumm, para o biênio 2020-2022. Ele tomou posse junto com os demais integrantes da Chapa 2, que venceu o pleito realizado na terça-feira, na Sociedade Ginástica de Ijuí-SOGI. A eleição é considerada a mais disputada dos 85 anos do HCI, sendo a diferença de 5 votos, onde em um total de 540 votos, 269 votos foram para a chapa vencedora.

A solenidade de posse foi conduzida pelo presidente em exercício Cícero Tremea dos Santos, que ficou nove meses na liderança da instituição. “Saio imensamente grato pela colhida que tive dos meus colegas de diretoria, funcionários e corpo clínico, que nunca deixaram de produzir, diante de tantas adversidades encontradas. Desejo que a nova diretoria consiga os propósitos de melhorar cada vez mais o HCI, que hoje configura em uma das maiores empresa de Ijuí, com faturamento médio mensal de 12 milhões de reais. Para nós da comunidade, o voluntariado sempre é o melhor caminho de se fazer o bem”, disse o agora ex-presidente Cícero.

O novo presidente aproveitou a solenidade de posse para enaltecer o voluntariado e lembrou que em 1991 foi o engenheiro civil da obra do terceiro bloco do hospital, que na época foi um marco na cidade. “ Não vão encontrar um recibo sequer, pois não cobrei um centavo do meu trabalho e agora o destino me faz lembrar disso quando assumo a casa que ajudei a construir”, disse Stumm. A nova liderança do HCI se emocionou quando lembrou do momento que decidiu aceitar o convite para ser candidato a presidente. “Consultei minha família, meus filhos e minha esposa Eniva que está aqui e mesmo sabedores do desafio, me apoiaram integralmente”, disse. A nova diretoria voluntária, tem como vice presidente o médico Douglas Uggeri, como 1º secretário Marco Antônio Sagave, como 2ª secretário Sandro Viecili, como 1º tesoureiro Jaime Ghisleni, como 2º tesoureiro: Carlos Alberto Scapini. No Conselho Fiscal Efetivo estão Darcísio Perondi, Vito Cembranel e Jorge Braz e no Conselho Fiscal Suplente estão Evaldir Walker, Cesar Busnello e Eloir Scarton.

Leia também:  Motociclista morre em acidente na BR 392, em Roque Gonzales

“A comunidade de Ijuí e dos demais municípios da área de abrangência do HCI podem esperar de nós, muito empenho e comprometimento. Temos o apoio de muitas lideranças que fazem a diferença e vamos avançar e qualificar nosso hospital”, finaliza Paulo Roberto Stumm.

Fonte: HCI

Continue lendo

Geral

Vigilância Epidemiológica informa dois óbitos de pacientes com Covid-19 em Ijuí

Publicado

dia

Por

A Vigilância Epidemiológica do município informou na  manhã desta quarta-feira,30, dois óbitos de pacientes com Covid-19 em Ijuí, ambos internados no Hospital de Caridade de Ijuí (HCI).

Um paciente do sexo masculino veio a óbito nesta manhã. Com 55 anos,  possuía outras comorbidades e  estava na UTI desde o dia dois de setembro. O outro paciente que veio a óbito, na noite de ontem, terça-feira, 29, trata-se de uma mulher, com 81 anos e possuía outras comorbidades, estava internada na UTI desde o dia 18 de setembro.

Fonte: Executivo de Ijuí

Continue lendo

Geral

Corsan retoma serviços de corte e cobrança e lança facilidades para os clientes com dívidas

Publicado

dia

Por

Pixabay

Após seis meses de suspensão, e na linha com o que vem sendo adotado por outras concessionárias de serviços públicos no país, a Corsan retoma, a partir do dia 1º de outubro, o corte do abastecimento e a cobrança aos clientes com tarifa social.

Os benefícios implantados durante a pandemia, em alinhamento às ações do Governo do Estado, estiveram vigentes por 180 dias e, durante este período, a Corsan qualificou seus processos, disponibilizou canais digitais mais ágeis e efetivos e tomou uma série de medidas, visando contribuir para apoiar os clientes em seus pagamentos pelos serviços.

Confira algumas das opções disponíveis:

  • Negociação de dívidas: para facilitar a quitação de dívidas antigas de mais de um ano, a empresa implantou um Programa de Renegociação, que vai vigorar até o fim do mês de novembro. Nesse programa, para as faturas vencidas entre 1º de agosto de 2015 e 31 de julho de 2019, a empresa está concedendo um desconto de 99% sobre os valores referentes a multa e juros, para pagamento à vista. O desconto é de 50% sobre os valores de multa e juros no caso de parcelamento e isenção total de juros futuros.
  • Facilidade no pagamento: para os clientes que têm o celular cadastrado na Companhia, é enviado um SMS 15 dias após o vencimento da fatura e a partir da pandemia, foi incluído o código de barras para facilitar o pagamento.
  • Segunda via pelo APP: a segunda via da fatura também pode ser acessada no APP Corsan e na Central de Serviços no site www.corsan.com.br.
  • Parcelamento via site/APP: parcelamento administrativo, 35% de entrada e restante em até 12 vezes; parcelamento usando o cartão de crédito, sem entrada e em até 12 vezes, dependendo do limite do usuário. O valor mínimo da parcela é de R$ 30,00 por economia para a categoria residencial subsidiada; e de R$ 50,00 por economia para as demais categorias. Esta opção estará disponível a partir de outubro.
Leia também:  VÍDEO: foragido da Justiça de Santo Ângelo é preso no Pindorama

Para obter essas vantagens, em especial no Programa de Renegociação de Dívidas, o titular da conta deverá entrar em contato com a Corsan pelo telefone 0800-646-6444 ou por meio dos canais digitais. Para o atendimento presencial é necessário agendar horário via 0800, pelo site www.corsan.com.br ou pelo aplicativo de smartphone.

Fonte: Corsan

Continue lendo

Newsletter

Receba as Notícias do site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana