A Receita Federal da Espanha rejeitou a oferta do jogador Cristiano Ronaldo e exigiu 28 milhões de euros

Cristiano Ronaldo teve rejeitada a oferta feita ao fisco espanhol. (Foto: Reprodução)

Cristiano Ronaldo tentou finalizar a dívida que tem com o fisco espanhol ao oferecer os 14 milhões de euros (cerca de R$ 60,3 milhões), mas a proposta foi rejeitada pela Fazenda da Espanha. O órgão não aceitou o valor proposto e exigiu o pagamento total da dívida mais custos e juros, ou seja, um valor aproximado de 28 milhões de euros (cerca de R$ 120,7 milhões), mesmo após o craque do Real Madrid assumir a fraude nos quatro delitos fiscais do qual é acusado. É o que revelou o jornal “AS” na quarta-feira.

O jogador é acusado de ter uma dívida de 14,7 milhões de euros entre os exercícios de 2011 e 2014 pela não tributação dos seus direitos de imagem. Ainda segundo a publicação, caso CR7 não liquide a dívida até 15 de junho, ele poderá ser chamado a julgamento por fraude fiscal.

A juíza responsável por todo o processo judicial, Monica Gomez, já teria fechado a instrução e pode avançar com a abertura do julgamento oral a qualquer momento, segundo a mesma fonte do jornal “AS”.

CR7 sente que o Real Madrid não o apoiou devidamente nesta questão, por isso as declarações proferidas na final da Liga dos Campeões. Segundo o mesmo jornal, o português pretende que o clube pague o montante em dívida como prêmio de renovação de contrato, mas os merengues já lhe disseram que não o iam fazer porque não querem que este caso sirva de exemplo para outros atletas do clube.

Cristiano Ronaldo tem, assim, um dilema para resolver antes do Mundial: ou desembolsa os 28 milhões e assume a fuga aos impostos ou enfrenta um processo em que pode incorrer numa pena de prisão que pode ir até aos 8 anos, como aconteceu com Xavi Alonso por uma alegada fraude bem menor.

Manchester United

Depois que o técnico Zinedine Zidane anunciou a saída do Real Madrid, após conquistar o terceiro título consecutivo da Liga dos Campeões, Cristiano Ronaldo pode ser o próximo deixar o time. Em entrevista ao canal “Sky Sports”, o técnico Fábio Capello afirmou que o craque já decidiu que vai sair, após nove anos em Valdebebas, e já tem um destino certo: o Manchester United.

“O treinador que vier precisar construir um conjunto que pode chegar a perder peças, incluindo a mais importante, Cristiano Ronaldo. Ele quer sair e voltar ao Manchester United, com José Mourinho Quando? Isso já não sei”, disse o treinador.

Sobre a saída de Zidane, que convocou uma entrevista coletiva às pressas na quinta-feira, Capello aprovou a decisão do francês.

“O Zidane tomou a decisão correta. Ele sabia que o Florentino o tinha despedido se não tivesse ganho a Liga dos Campeões. Eu fui despedido depois de ganhar a Liga. Era um pensamento que já existia há muito tempo, quando as coisas não vão bem, quando a distância para o Barcelona no campeonato era abismal. Na minha opinião, Zidane fez o correto”, afirmou o italiano de 71 anos, que orientou os merengues em 1996/97 e em 2006.

Fonte: O Sul

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.