Com apenas 27 anos de existência, Croácia ganha destaque mundial no final da Copa

A final da Copa do Mundo acontece no próximo domingo (15), entre França e Croácia. A França é mundialmente conhecida através da sua gastronomia requintada, do seu roteiro turístico, do símbolo maior, a Torre Eiffel, dentre outros. Porém a Croácia ainda soa como algo pouco conhecido.

Em entrevista na Uirapuru, o professor de história Maurício Paim explicou que a Croácia tem apenas 27 anos, enquanto a França possui uma história de milhares de ano. Enquanto a França foi marcada pela revolução, precursora do mundo moderno atual, do império de Napoleão, possui uma bagagem cultura imensamente maior do que muitos países atuais.

Mesmo com todas estas diferenças, a Croácia, surgida nos anos 90 de uma separação da antiga Iugoslávia, marcada pelas guerras, surge e toma os holofotes. Devastada pela guerra em sua separação, o pequeno país não tem dinheiro para investir pesado em esportes, mas seus jogadores são todos grandes craques da Europa.

Para Paim não é surpresa que a Croácia chegue na grande final, pois historicamente se assemelha a época de ouro do futebol brasileiro. O historiador explicou que nada melhor do que uma Copa do Mundo para divulgar um país, que hoje tem no turismo sua principal economia.

Fonte: Rádio Uirapuru

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.