SANTA CRUZ DO SUL – MUNICÍPIO REGISTRA MORTE DE BEBÊ DE TRÊS MESES POR MENINGITE BACTERIANA

A morte de um bebê de três meses por meningite bacteriana foi confirmada na quinta-feira, dia 12 de julho de 2018, pela Secretaria Municipal de Saúde de Santa Cruz do Sul, município distante cerca de 150 quilômetros de Porto Alegre. O menino ficou internado por uma semana no Hospital Santa Cruz, com os sintomas da doença, e faleceu no dia 5 de julho.
Ainda segundo dados da secretaria, foi o primeiro falecimento por essa doença na cidade. O caso é considerado isolado, e não caracteriza nenhum surto ou necessidade de orientação especial para prevenir a doença. A secretaria também ressaltou que não há falta de vacinas para meningite na rede pública de saúde.
Segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde, até o dia 27 de junho, quatro mortes por meningite bacteriana tinham sido registradas no estado.
Falta vacina contra doença nos postos de Saúde do RS
A falta de doses da vacina contra a meningite interrompeu a imunização de crianças em municípios do interior do Rio Grande do Sul.
Em Bagé, na Região da Campanha, desde de junho, cerca de 150 crianças não puderam fazer a vacina da meningite. A Coordenadoria de Imunizações do município informou que pede todos os meses as doses, mas que a última remessa que recebeu foi no mês passado.
No Noroeste do estado, a Coordenadoria de Saúde, que atende 22 cidades da região, recebeu doses pela última vez na semana passada. A quantia recebida foi bem abaixo do necessário e não deve durar por muito tempo nos estoques.
Na cidade de Santa Rosa as vacinas contra a meningite acabaram nas 17 unidades básicas de saúde. E em Santo Ângelo, na Região das Missões, também está faltando vacina nas oito unidades básicas da cidade.
Em Erechim falta vacina contra a meningite desde a última sexta-feira (6). A prefeitura estima que por mês, em média, 100 crianças façam a vacina da meningite na cidade.
(Por RBS TV )

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Deixe seu Comentário!