PSL decide expulsar deputado Alexandre Frota após críticas contra Bolsonaro

0
132
Deputado Alexandre Frota, ex-PSL. (Foto: Valter Campanato/Reprodução Agência Brasil)

O Partido Social Liberal (PSL) decidiu expulsar o deputado Alexandre Frota (SP), nesta terça-feira (13). A decisão foi tomada após reunião da sigla em Brasília. O anúncio foi feito pelo presidente do PSL, Luciano Bivar.

O argumento é que Frota tem demonstrado “infidelidade” à bancada. Nos últimos dias, o deputado passou a criticar publicamente o governo e o presidente, chegando a declarar que estava decepcionado com Bolsonaro. Em mais de uma ocasião, o parlamentar criticou, por exemplo, a iminente nomeação do também deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos.

A responsável pelo pedido de expulsão foi a deputada Carla Zambelli (SP), além de subscrição dos deputados Caroline di Toni (SC), Bia Kicis (DF) e por Luiz Philippe de Orleans e Bragança (SP). O senador Major Olímpio (SP) também cobrou o afastamento definitivo do deputado, o terceiro mais votado da sigla no estado.

De acordo com Frota, antes de tirá-lo da vice-liderança, o comando do PSL já havia o retirado do comando de três diretórios municipais a pedido do presidente Jair Bolsonaro. “Eu acredito que o Bolsonaro tenha pedido isso porque disse que estava decepcionado com ele, que não achava que a indicação do Eduardo como embaixador era a mais correta. Fui surpreendido com essas mudanças”, disse ele na última quarta-feira (07).

O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui