WhatsApp poderá funcionar sem conexão com internet

0
288
Uma extensão do Google Chrome, chamada WA Web Plus, mostra automaticamente o que estava escrito na mensagem que o remetente escolheu deletar. (Foto: Reprodução de internet)

Um novo recurso no WhatsApp poderá chegar em breve à plataforma junto com uma nova atualização: ele será capaz de funcionar em celulares sistema Android e iOS sem a conexão da internet, o popular 3G e 4G, segundo o site especializado em tecnologia WaBetaInfo.

“Você poderá usar sua conta do app em muitos dispositivos. Isso inclui a versão para Windows, para que você possa usar o aplicativo no seu computador se o seu celular não tiver dados ou conexão móvel”, informa o site.

No entanto, o WhatsApp não confirma a informação até o momento.

Facebook

A Comissão Federal do Comércio dos EUA (FTC, na sigla em inglês) está investigando o Facebook por práticas anticompetitivas, de acordo com o Wall Street Journal, que conversou com fontes familiarizadas com o assunto. O objetivo principal da agência americana é analisar se as aquisições do Instagram e do WhatsApp foram uma estratégia da empresa para evitar futuros concorrentes no mercado.

Quando o Facebook comprou o Instagram por US$ 1 bilhão, em 2012, a rede social de fotos bonitas não era o sucesso que é hoje – a plataforma tinha apenas 30 milhões de usuários. Dois anos depois de comprar o Instagram, a empresa adquiriu o WhatsApp por US$ 19 bilhões.

Na semana passada, ao divulgar seu balanço financeiro, o Facebook reconheceu a investigação, mas não entrou em detalhes: disse apenas que a FTC estava investigando as áreas de redes sociais, publicidade digital e aplicativos móveis on-line.

A FTC e o Facebook não comentaram o assunto.

O Facebook está na mira da FTC. Na semana passada, a rede social foi multada em US$ 5 bilhões após uma longa investigação sobre o caso Cambridge Analytica, no qual a rede social compartilhou sem consentimento informações de 87 milhões de usuários com a firma de marketing político britânica.

Leia também:  Redes do Facebook passam por instabilidade nesta quarta-feira

A agência americana afirmou que a empresa violou um acordo para proteger os dados dos usuários na rede social. A multa se refere a uma quebra de um pacto firmado pelo órgão americano com a rede social, que concordou, em 2011, em proteger os dados de seus usuários.

Instagram

Uma das métricas disponíveis para contas comerciais do Instagram é saber quantas pessoas visitaram o perfil nos últimos 7 dias. O recurso está disponível de forma nativa na rede social. Entretanto, não é possível saber exatamente quais pessoas visitaram seu perfil.

A resposta simples é: abra sua guia “Perfil”.

Contando que a conta já seja comercial, basta ir até a guia perfil que o número de pessoas que visitaram aparecerá no topo do aplicativo, entre o nome de usuário e a foto da pessoa. Entretanto, só é possível ver quantas e não saber quem visitou o perfil.

Ao clicar no número de pessoas que visitaram o perfil, o Instagram te levará para uma página de Insights, com mais detalhes e outras métricas do perfil comercial.

É uma ferramenta útil para quem administra redes sociais, nesse caso o Instagram, ter noções melhores do desenvolvimento do perfil em relação ao conteúdo que está sendo produzido.

Nessa página de Insights, ao clicar em “Atividade”, dá para saber quais dias da semana houve mais audiência no perfil e comparar o histórico de interação com a semana anterior.

O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui