Connect with us

Geral

Massa de ar polar intenso pode trazer neve ao RS e SC ao final desta semana

Publicado

dia

A MetSul Meteorologia adverte para uma massa de ar polar enorme e muito intensa que vai atingir praticamente a metade do território brasileiro e grande parte da América do Sul nesta semana com potencial de ser um evento histórico de frio e neve. Verdadeira bolha de ar antártico avançará pela Argentina e vai atingir pela sua trajetória continental o Sul, o Centro-Oeste, o Sudeste e parte do Norte do Brasil, além de Paraguai, Bolívia, Uruguai, Peru e mesmo Equador, Colômbia e Venezuela. Assim, a influência do ar frio, mesmo que modesta, deve atravessar a linha do Equador e chegar ao Hemisfério Norte, onde é verão.

Massas de ar frio fortes ocorrem virtualmente quase todos os anos no Sul do Brasil, mas esta será excepcionalmente forte e abrangente para a segunda metade do mês de agosto. A queda da temperatura será sentida a partir da quarta-feira no Rio Grande do Sul e entre quinta e sexta-feira será percebida nas demais regiões brasileiras. A quinta, a sexta e o começo do sábado serão dias de muito frio no Sul do Brasil. Como a massa de ar será por demais gelada, é comum que chegue com vento moderado a forte que vai trazer sensação térmica com valores muito baixos, negativos em muitas localidades.

Uma baixa polar em níveis médio da atmosfera vai atuar sobre o Sul do Brasil. Isso irá fazer com que haja nebulosidade e instabilidade com ar muito gelado em altitude, o que na análise da MetSul traz uma altíssima probabilidade de ocorrência de neve no Sul do país. Todos os modelos numéricos consultados pela MetSul apontam neve entre quinta-feira e sábado. Se há certeza do frio intenso e quase convicção que pode nevar, a dúvida no momento é onde e o quanto pode nevar.

Leia também:  Bolsonaro diz que fazer politicagem com o coronavírus é “coisa de covarde”

A cada rodada, e a cada modelo, as projeções de neve são diferentes e variam bastante. Ora, muito mais abrangente e ora mais limitada aos locais tradicionais do fenômeno como os Aparados da Serra e o Planalto Sul Catarinense. O que chama atenção, porém, é que diversos modelos e em diversas rodadas de hoje e dos últimos dias indicaram que pode nevar de forma mais abrangente e em locais pouco acostumados a ver neve ou que não testemunham o fenômeno por décadas.

Os modelos nas últimas horas e dias já indicaram neve no Uruguai, perto da cidade de Buenos Aires e nas províncias argentinas de Santa Fé e Entre Rios, na maior parte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e o Paraná, e até em Curitiba e no Sul do estado de São Paulo.

Ocorre que nas rodadas seguintes não mantiveram estas tendencias. Veja o caso, por exemplo, do modelo canadense. Na saída da madrugada de hoje, indicava neve em meio Sul do Brasil e em quantidade de 25 cm a meio metro em alguns pontos. Já na rodada da tarde de hoje, apesar de indicar neve em muitos lugares, a projeção é de menos neve e em menos lugares que na projeção da madrugada.

Já o modelo do serviço meteorológico alemão rodado pela MetSul em sua rodada da tarde de hoje apontava neve em maior quantidade nas áreas tradicionais do Planalto Sul Catarinense e dos Aparados da Serra do Rio Grande do Sul, mas sinalizava o fenômeno em menor quantidade também em áreas do Norte gaúcho, como o Planalto Médio, e em pontos do Oeste e Meio-Oeste Catarinense e do Planalto de Palmas, no Paraná.

PROBABILIDADE DE NEVE ALTÍSSIMA

Diante deste cenário, reiteramos que a probabilidade de neve é altíssima, mas que hoje não se pode fazer responsavelmente projeções precisas de quantidade e localização do fenômeno. O que pode e deve ser informado é que deve nevar e não se descarta que forte em alguns locais, e ainda que o fenômeno possa alcançar até pontos menos acostumados ao fenômeno. Somente, porém, nos próximos dias se terá um cenário mais claro.

Leia também:  Morador de Santa Clara do Sul inicia emprego em fabrica de calçados aos 71 anos

A neve por natureza é um fenômeno de difícil previsão e mesmo nos Estados Unida os meteorologistas encontram grande dificuldade não raro em precisar as acumulações. Anos atrás, por exemplo, a cidade de Nova Iorque foi parada totalmente por ordem da Prefeitura ao custo de bilhões de dólares por previsão oficial do Serviço Nacional de Meteorologia norte-americano que nevaria 50 cm a 75 cm, mas no fim do dia caíram poucos centímetros e o caso acabou sendo muito estudado e debatido na comunidade meteorológica e concluiu-se em diversos fóruns sobre a necessidade de se comunicar ao público e governos os diferentes cenários e as incertezas em prognósticos neste tipo de situação.

A MetSul Meteroologia destaca que fenômeno que não se descarta ainda é a ocorrência de chuva congelada e que poderia se dar até em locais até de menor altitude, mesmo ao nível do mar, porque a atmosfera estará extremamente resfriada na segunda metade da semana e este tipo de precipitação pode ocorrer com a temperatura em superfície acima de 5ºC positivos.

Como haverá mais nuvens sobre o Sul do Brasil, as mínimas entre quinta e sexta serão baixas, mas não extremas como as registradas ondas de frio mais fortes deste inverno até agora e que se deram com céu claro e ar muito seco. Por outro lado, a presença de nebulosidade deve fazer com que as máximas sejam muito baixas, o que trará dias muito frios e ainda com vento aumentando a sensação de gelo.

 

Como é comum na presença de uma área de menor pressão atmosférica, ar seco avança a Oeste e ao Norte do sistema. Por isso, esfriará muito e com mínimas muito baixas com geada no Norte da Argentina, no Paraguai, em pontos do Centro-Oeste do Brasil e em parte do Sudeste, não se afastando geada em Minas Gerais fora das áreas de Serra como a região do Triângulo Mineiro e até no Sul de Goiás.

Projeção de geada do modelo canadense para a madrugada do dia 22

Os mapas deste boletim e outros de neve e geada estão disponíveis a qualquer hora ao assinante na seção de mapas com até quatro atualizações diárias e ao longo da semana a MetSul oferecerá novos boletins detalhados e atualizados sobre o frio, geada e neve aqui em metsul.com.

Leia também:  Prisão e Apreensão de Adolescentes por Tráfico de Entorpecentes

FONTE: MetSul

Continue lendo
Patrocinado
Clique para comentar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Nova diretoria para o HCI de Ijuí

Publicado

dia

Por

Foto: HCI

Na manhã de quarta-feira, dia 30 de setembro, no auditório da instituição hospitalar, assumiu a presidência da Associação Hospital de Caridade Ijuí, o engenheiro civil Paulo Roberto Stumm, para o biênio 2020-2022. Ele tomou posse junto com os demais integrantes da Chapa 2, que venceu o pleito realizado na terça-feira, na Sociedade Ginástica de Ijuí-SOGI. A eleição é considerada a mais disputada dos 85 anos do HCI, sendo a diferença de 5 votos, onde em um total de 540 votos, 269 votos foram para a chapa vencedora.

A solenidade de posse foi conduzida pelo presidente em exercício Cícero Tremea dos Santos, que ficou nove meses na liderança da instituição. “Saio imensamente grato pela colhida que tive dos meus colegas de diretoria, funcionários e corpo clínico, que nunca deixaram de produzir, diante de tantas adversidades encontradas. Desejo que a nova diretoria consiga os propósitos de melhorar cada vez mais o HCI, que hoje configura em uma das maiores empresa de Ijuí, com faturamento médio mensal de 12 milhões de reais. Para nós da comunidade, o voluntariado sempre é o melhor caminho de se fazer o bem”, disse o agora ex-presidente Cícero.

O novo presidente aproveitou a solenidade de posse para enaltecer o voluntariado e lembrou que em 1991 foi o engenheiro civil da obra do terceiro bloco do hospital, que na época foi um marco na cidade. “ Não vão encontrar um recibo sequer, pois não cobrei um centavo do meu trabalho e agora o destino me faz lembrar disso quando assumo a casa que ajudei a construir”, disse Stumm. A nova liderança do HCI se emocionou quando lembrou do momento que decidiu aceitar o convite para ser candidato a presidente. “Consultei minha família, meus filhos e minha esposa Eniva que está aqui e mesmo sabedores do desafio, me apoiaram integralmente”, disse. A nova diretoria voluntária, tem como vice presidente o médico Douglas Uggeri, como 1º secretário Marco Antônio Sagave, como 2ª secretário Sandro Viecili, como 1º tesoureiro Jaime Ghisleni, como 2º tesoureiro: Carlos Alberto Scapini. No Conselho Fiscal Efetivo estão Darcísio Perondi, Vito Cembranel e Jorge Braz e no Conselho Fiscal Suplente estão Evaldir Walker, Cesar Busnello e Eloir Scarton.

Leia também:  Ijuí terá segunda fase da pesquisa nacional sobre a prevalência da Covid-19

“A comunidade de Ijuí e dos demais municípios da área de abrangência do HCI podem esperar de nós, muito empenho e comprometimento. Temos o apoio de muitas lideranças que fazem a diferença e vamos avançar e qualificar nosso hospital”, finaliza Paulo Roberto Stumm.

Fonte: HCI

Continue lendo

Geral

Vigilância Epidemiológica informa dois óbitos de pacientes com Covid-19 em Ijuí

Publicado

dia

Por

A Vigilância Epidemiológica do município informou na  manhã desta quarta-feira,30, dois óbitos de pacientes com Covid-19 em Ijuí, ambos internados no Hospital de Caridade de Ijuí (HCI).

Um paciente do sexo masculino veio a óbito nesta manhã. Com 55 anos,  possuía outras comorbidades e  estava na UTI desde o dia dois de setembro. O outro paciente que veio a óbito, na noite de ontem, terça-feira, 29, trata-se de uma mulher, com 81 anos e possuía outras comorbidades, estava internada na UTI desde o dia 18 de setembro.

Fonte: Executivo de Ijuí

Continue lendo

Geral

Corsan retoma serviços de corte e cobrança e lança facilidades para os clientes com dívidas

Publicado

dia

Por

Pixabay

Após seis meses de suspensão, e na linha com o que vem sendo adotado por outras concessionárias de serviços públicos no país, a Corsan retoma, a partir do dia 1º de outubro, o corte do abastecimento e a cobrança aos clientes com tarifa social.

Os benefícios implantados durante a pandemia, em alinhamento às ações do Governo do Estado, estiveram vigentes por 180 dias e, durante este período, a Corsan qualificou seus processos, disponibilizou canais digitais mais ágeis e efetivos e tomou uma série de medidas, visando contribuir para apoiar os clientes em seus pagamentos pelos serviços.

Confira algumas das opções disponíveis:

  • Negociação de dívidas: para facilitar a quitação de dívidas antigas de mais de um ano, a empresa implantou um Programa de Renegociação, que vai vigorar até o fim do mês de novembro. Nesse programa, para as faturas vencidas entre 1º de agosto de 2015 e 31 de julho de 2019, a empresa está concedendo um desconto de 99% sobre os valores referentes a multa e juros, para pagamento à vista. O desconto é de 50% sobre os valores de multa e juros no caso de parcelamento e isenção total de juros futuros.
  • Facilidade no pagamento: para os clientes que têm o celular cadastrado na Companhia, é enviado um SMS 15 dias após o vencimento da fatura e a partir da pandemia, foi incluído o código de barras para facilitar o pagamento.
  • Segunda via pelo APP: a segunda via da fatura também pode ser acessada no APP Corsan e na Central de Serviços no site www.corsan.com.br.
  • Parcelamento via site/APP: parcelamento administrativo, 35% de entrada e restante em até 12 vezes; parcelamento usando o cartão de crédito, sem entrada e em até 12 vezes, dependendo do limite do usuário. O valor mínimo da parcela é de R$ 30,00 por economia para a categoria residencial subsidiada; e de R$ 50,00 por economia para as demais categorias. Esta opção estará disponível a partir de outubro.
Leia também:  Prisão por Tráfico de Entorpecentes em Ijuí

Para obter essas vantagens, em especial no Programa de Renegociação de Dívidas, o titular da conta deverá entrar em contato com a Corsan pelo telefone 0800-646-6444 ou por meio dos canais digitais. Para o atendimento presencial é necessário agendar horário via 0800, pelo site www.corsan.com.br ou pelo aplicativo de smartphone.

Fonte: Corsan

Continue lendo

Newsletter

Receba as Notícias do site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana