Connect with us

Geral

Morre o jornalista Celso Pinto, criador do jornal Valor Econômico, aos 67 anos

Publicado

dia

Celso foi internado com pneumonia há duas semanas. Foto: Divulgação

Celso Pinto, um dos mais influentes jornalistas de economia do país e criador do jornal Valor Econômico, morreu na tarde desta terça-feira (3) em São Paulo, informou o jornal Folha de S. Paulo. Afastado das redações desde maio de 2003, quando sofreu uma parada cardiorrespiratória, Celso foi internado com pneumonia há duas semanas e não resistiu a complicações decorrentes da doença. Ele tinha 67 anos.

Nascido em São Paulo, formado em ciências sociais pela Universidade de São Paulo e jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero, Celso começou na profissão em 1974, contratado pela publicação como repórter de economia.

Tinha 22 anos de idade e apenas cinco meses de experiência como jornalista quando foi destacado para cobrir uma reunião da Organização Internacional do Café, em Londres.

Saiu-se tão bem que foi recompensado na volta ao Brasil com o primeiro aumento de salário, como lembrou tempos depois o jornalista Matías Molina, que editava a seção de economia na época.

Após alguns meses, Celso foi convidado para trabalhar na Gazeta Mercantil, então o principal diário econômico do país. Ele foi editor de finanças e assuntos nacionais, trabalhou em Brasília e como correspondente em Londres. O jornal deixou de circular em 2009.

Em 1996, Celso voltou à publicação como colunista, a convite do publisher do jornal, Octavio Frias de Oliveira (1912-2007). Escrevia quatro vezes por semana, e seus artigos, publicados no primeiro caderno, tornaram-se leitura obrigatória para ministros, banqueiros e empresários.

Celso foi um dos primeiros jornalistas a apontar os riscos criados pela política de valorização cambial adotada pelo governo Fernando Henrique Cardoso para conter a inflação na década de 90, abandonada em meio a uma crise no início do segundo mandato do tucano na Presidência.

Leia também:  Vagas do SINE para segunda feira (09)

Celso marcava presença defendendo com veemência suas posições, sempre alicerçadas pelas informações que recolhia com suas fontes. Costumava polemizar com o jornalista Clóvis Rossi (1943-2019), com quem discutia até quando o assunto era a temperatura do ar condicionado da sala dos editorialistas.

Em 2000, quando os grupos Folha e Globo se uniram para lançar um jornal especializado em economia, Celso foi chamado para liderar o projeto. Ele o desenvolveu com uma equipe que chegou a reunir 160 jornalistas, incluindo vários colegas que tinham trabalhado com ele na Gazeta e na Folha.

O Valor chegou às bancas em maio de 2000 e logo se tornou a publicação mais relevante do país em sua especialidade. Celso foi seu diretor de Redação e manteve uma coluna semanal no jornal até 2003, quando passou mal durante uma partida de tênis e teve a carreira interrompida abruptamente.

O Sul

Patrocinado
Clique para comentar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Obra de asfalto da Rua Waldir Bussmann é concluída

Publicado

dia

Por

( Foto: Unijuí)

O município de Ijuí continua com seu perceptível desenvolvimento em todos os setores.

 

Foi concluída no mês de maio a obra de asfaltamento da Rua Waldir Bussmanm. O projeto, conforme o prefeito Valdir Heck, teve por objetivo melhorar o tráfego de veículos na região, uma vez que, o trecho é muito utilizado por acadêmicos de toda a região, que diariamente acessam o campus da Unijuí.

 

O investimento na obra pela Administração Municipal foi de R$ 381.582,48, sendo sua execução  realizada pela empresa Bripav – Britagem e Pavimentação Ltda.  A obra teve, em sua maioria, financiamento do  Badesul.

 

Fonte: Executivo de Ijuí

Continue lendo

Geral

Cena incomum: Veado aparece no escritório do Detran, em Santiago, nesta segunda

Publicado

dia

Por

Fotos e vídeo: Renato Portela, Diretor do CRVA Santiago
Um cervo ou veado (como é conhecido em nossa região), apareceu nesta segunda-feira, 11, no escritório do Detran, em Santiago, na Rua Marechal Deodoro, próximo ao Corpo de Bombeiros. Foi justamente a corporação que fez o resgate do animal.
Como estava machucado, devido ter se debatido dentro da garagem do órgão estadual, foi necessário conduzir o veado para atendimento veterinário no Canil Municipal, onde foi medicado pela veterinária Eva Maristane Rodrigues Muller. Após, foi solto na natureza. A Polícia Ambiental também prestou apoio.
A bióloga Lucele Zanini, de Jaguari, comentou ao Blog Rafael Nemitz a possibilidade de ser um veado-virá, ameaçado de extinção. É incomum aparecer na área urbana, mas, devido a estiagem, as queimadas e o avanço das construções em meio à natureza, esse tipo de acontecimento está cada vez mais comum.
Fonte: Rafael Nemitz

Fotos e vídeo: Renato Portela, Diretor do CRVA Santiago.

Continue lendo

Geral

Reconhecido estado de emergência de Ijuí em razão da estiagem

Publicado

dia

Por

Foto: Pixabay

Foi publicado no Diário Oficial da União  na edição de sexta-feira,4, o reconhecimento do Governo Federal referente o  decreto  de emergência,  em razão da estiagem em Ijuí.

 

Devido o longo período de seca, diversos prejuízos já são contabilizados no meio rural do município que enfrenta desde dezembro, problemas causados pela escassez de água.

 

Segundo o vice-prefeito e secretário municipal de Desenvolvimento Rural, Valdir Zardin,  com as medidas os agricultores podem solicitar prorrogação da  prestação de investimentos e  além disso, o município terá a possibilidade de investir em caixas d’água devido as despesas geradas para auxiliar as famílias com dificuldades causadas pela estiagem. Valdir Zardin salienta ainda  que o reconhecimento demonstra a confiabilidade dos dados encaminhados pela Defesa Civil do município.

 

Fonte: Executivo de Ijuí

Continue lendo

Newsletter

Receba as Notícias do site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana

Notícias no seu WhatsApp whatsapp