Connect with us

Geral

Mulher morre vítima de coronavírus e filho é o único no enterro: “Tive que sepultar minha mãe sozinho”

Publicado

dia

A família estava em isolamento domiciliar. Mulher de 71 anos estava internada com pneumonia.

Devido à ordem de quarentena para evitar a transmissão do novo coronavírus, o filho de uma das vítima da Covid-19 foi o único presente no enterro da mãe, nessa segunda-feira (23/03), no Rio de Janeiro.

“Tive que sepultar minha mãe sozinho. Se fosse em condições normais, ela teria milhões em seu enterro”, afirmou o empresário Christiano Bandeira de Mello, que perdeu a mãe de 71 anos. Ele concedeu entrevista à revista Época.

Segundo o empresário, a vítima sofria de problemas prévios de saúde. “Minha mãe fumava, tinha sobrepeso. Ela começou a perceber com a tosse e a falta de ar, essa doença é assim. Quem não está numa condição de saúde boa corre risco, sim. Não pode banalizar”, desabafou.

Ele contou que a mulher foi encaminhada ao hospital com uma pneumonia nos dois pulmões, mas ao descobrir a doença, ficou em isolamento até o momento da morte.

Ainda não se sabe onde a paciente teria contraído o vírus. A família suspeita que a transmissão tenha ocorrido em viagens para o Uruguai ou França, ou em um casamento onde demais pessoas foram infectadas.

(Metrópoles)

Fonte: Porto Alegre 24h

Continue lendo
Patrocinado
Clique para comentar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Prefeito de Não-Me-Toque vai liberar abertura do comércio a partir do dia 1°

Publicado

dia

Por

Fotos: Tanisa Moura - Rádio 90.9 FM

Município passa por isolamento social por conta da pandemia de coronavírus

O Prefeito de Não-Me-Toque, Pedro Paulo Falcão da Rosa, anunciou que já planeja a reabertura do comércio local.

As atividades econômicas, restritas em razão do combate ao coronavírus, poderão ser retomadas a partir da quarta-feira (1°), desde que os estabelecimentos sigam as normas de prevenção ao coronavírus.

A medida atende a reivindicação da classe empresarial, tendo em vista que uma carreata a favor da abertura do comércio foi marcada para a tarde deste sábado (28), ato que foi cancelado logo após a coletiva realizada durante a manhã na prefeitura.

O prefeito não-me-toquense disse, contudo, estar aguardando um novo decreto do Governo do Estado para servir de embasamento na elaboração do documento mais flexível.

Na terça-feira (24) passada, o prefeito decretou calamidade pública e isolamento social por conta do coronavírus. Além disso, estabeleceu toque de recolher para a noite de sexta-feira (27) até o começo da manhã de domingo (29).

Ao lado do prefeito, participaram da coletiva o secretário municipal de Saúde, Marco Antônio Costa, o presidente da Câmara de Vereadores, Everaldo Quadros de Moura, e o representante da Associação Comercial e Industrial (Acint) de Não-Me-Toque, Marcos Petry, que pediu apoio da população ao comércio do município.

Em Carazinho, o decreto que determinou o fechamento do comércio e outras medidas restritivas chegou a sua primeira semana de vigência nesta sexta-feira (27) e tem validade de mais sete dias.

O Prefeito carazinhense Milton Schmitz, afirmou que o decreto seguirá em vigor, ao menos, até a próxima segunda-feira (30), quando uma reunião do comitê de combate ao Coronavírus da cidade será realizada para discutir o assunto.

Fonte: Diário da Manha

Leia também:  Panambi decreta calamidade pública para enfrentar coronavírus

Continue lendo

Geral

Infectado por coronavírus não precisa de atestado

Publicado

dia

Por

Trabalhadores infectados ou que tenha tido contato com pessoas infectadas pelo coronavírus não vão precisar apresentar atestado médico no trabalho.

A proposta foi aprovada pela câmara dos deputados e agora precisa do aval dos senadores para valer na prática. O texto garante o afastamento sem atestado por sete dias, mas obriga o trabalhador a informar sobre a condição ao empregador imediatamente.

A medida só vale no período em que durar a situação de emergência pública decretada pela pandemia do coronavírus.  Após os sete dias sem atestado, o trabalhador deverá apresentar uma justificativa válida para o afastamento, um atestado médico ou qualquer documento do sus ou regulamentado pelo ministério da saúde comprovando a necessidade de isolamento.

A medida passa a valer apenas após a validação do senado e a sanção presidencial.

Continue lendo

Geral

Prefeito de município do Piauí morre vítima do coronavírus; é a primeira morte no estado

Publicado

dia

Por

Prefeito de São José do Divino, Antonio Nonato Lima Gomes (Foto: Divulgação/ Prefeitura de São José do Divino)

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) confirmou neste sábado, dia 28, a primeira morte pelo novo coronavírus no Piauí. O paciente que morreu por conta da Covid-19, doença causada pelo vírus, foi o prefeito de São José do Divino, Antônio Nonato Lima Gomes. Ele morreu na madrugada dessa sexta-feira, dia 27, no Hospital Municipal Dr. José de Brito Magalhães, em Piracuruca.

De acordo com o a Sesapi, o Lacen liberou hoje os exames do prefeito que testaram positivo para o novo coronavírus, Antônio tinha 57 anos e chegou a ser atendido no hospital, mas não resistiu. Ele tinha histórico de diabetes e teve uma evolução rápida da doença.

Fonte: O Diario

Continue lendo

Busca

Patrocinado
Patrocinado

Destaque

Notícias no seu WhatsApp whatsapp