Connect with us

Ijuí

PRF recolhe carro de luxo com mais de 40 multas vencidas em Ijuí

Publicado

dia

Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação
Quer receber notícias do Ijuí Notícias pelo whatsapp? Clique aqui

O proprietário devia 26 mil reais em multas vencidas, e ainda 5 mil reais em multas a vencer

Nesta sexta-feira, por volta das 11h40, na BR 285 em Ijuí, a Polícia Rodoviária Federal recolheu um carro de luxo com mais de 40 multas de trânsito sem pagamento.

Durante atividades de policiamento e fiscalização, os agentes abordaram um Evoque emplacado em Guaporé. Ao consultarem os sistemas policiais, os PRF’s constataram que o veículo não estava devidamente licenciado, pois possuía 40 multas de trânsito vencidas, que somavam mais de R$ 26.000,00. Ainda possuía outras 13 autuações dentro do prazo de defesa, somando mais de R$ 5.000,00.

O carro, conduzido por um homem de 46 anos, de Porto Alegre, foi retido em depósito credenciado onde ficará até o pagamento dos débitos.

Fonte: Noroeste Online

Continue lendo
Patrocinado
Clique para comentar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ijuí

Foi confirmada a transferência de 21 pacientes da hemodiálise do Hospital (HDP) de Frederico Westphalen para Hospital de Caridade de Ijuí

Publicado

dia

Por

FOTO - Fundação Pró-Rim - IMAGEM ILUSTRATIVA
Quer receber notícias do Ijuí Notícias pelo whatsapp? Clique aqui
Medida foi adotada para aqueles que pertencem à regional da saúde Palmeira das Missões, e visa dar um novo fôlego ao Hospital Divina Providência

Foi confirmada a transferência de 21 pacientes da hemodiálise do Hospital Divina Providência (HDP) neste mês. Todos os assistidos pertencem a 15ª Coordenadoria Regional de Saúde e passarão a fazer o tratamento no Hospital de Caridade de Ijuí que, após recente reforma, passa a ter condições de receber novos pacientes.

Conforme o presidente do hospital, José Luis Haubert, a transferência não foi uma opção. “Não tínhamos mais condições. Não tínhamos mais máquinas, abrimos o terceiro turno, não existia mais formas de atender. Não foi uma opção. Se tivéssemos como, teria permanecido”, frisou. O pedido para a transferência de pacientes para outro hospital tramitava também no Ministério Público, conforme informações repassadas pela 19ª Coordenadoria Regional de Saúde.

– O papel da coordenadoria foi fundamental, o trabalho que fizemos junto com as outras coordenadorias, junto aos hospitais para que pudessem receber esses pacientes para nós, e resolver essa questão de nenhum paciente ficar sem atendimento – frisou a coordenadora da 19ª CRS, Marly Vendruscolo.

O presidente o hospital ainda mencionou que esta medida é um “fôlego momentâneo” para a casa de saúde. Há uma expectativa na 19ª CRS de que a ampliação da hemodiálise seja concluída em dois anos, para que novos pacientes sejam absorvidos. “Nos foi passado que esse fôlego seria de dois anos, é o que a gente espera, que a ampliação da clínica esteja pronta, para que possa absorver novos pacientes”, ressaltou Marly. Além disso, a coordenadora da 19ª CRS também afirmou que, desde 2015, o projeto para o início da ampliação deste setor está aprovado na regional. “O projeto está aprovado, estamos aguardando que iniciem a obra. Por parte da vigilância, não há impedimentos”, conclui.

Leia também:  Casa é destruída em incêndio na tarde deste domingo em Ijuí

Durante a entrevista, Marly lembrou a dificuldade em contar com novos profissionais para atuar em municípios do interior. Segundo a coordenadora, médicos que atuam com altas complexidades preferem não trabalhar no interior. Ainda ressaltou que, caso seja ampliada a hemodiálise no município, o HDP deverá ter uma capacidade máxima de atender, aproximadamente, 100 pessoas.

Em recente coletiva de imprensa realizada pela direção do hospital, o vice-presidente, Jaime Vitalli, declarou que a ampliação do setor, além da construção da oncologia, passa pela aprovação do PPCI, que deve ser emitido pelo Corpo de Bombeiros. “Não estamos conseguindo fazer a construção por conta dessa rampa de fuga. Conseguimos alocar o valor e vamos fechar esse negócio. A rampa será instalada nos fundos do hospital, para ter essa liberação do PPCI e fazermos a obra da oncologia”, disse na ocasião.

Fonte: Folha do Noroeste

Continue lendo

Ijuí

Polícia Civil de SC prende ijuiense suspeito de homicídio

Publicado

dia

Por

Quer receber notícias do Ijuí Notícias pelo whatsapp? Clique aqui

Um homem de 45 anos, natural de Ijuí, foi preso dia 23 em ação conjunta das policias civis de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Ele é suspeito do assassinato de um homem a pedradas, juntamente com um comparsa, dia 15 de agosto em Florianópolis. Depois do crime, o ijuiense se escondeu na casa de parentes na praia de Quintão, onde foi preso ontem ao meio dia e encaminhado ao sistema prisional, em cumprimento de mandado expedido pela Vara do Tribunal do Júri de Florianópolis.

Fonte: Redação Rádio Repórter//Polícia Civil-SC

Continue lendo

Geral

Amuplam ingressa com recurso para reverter bandeira vermelha na região de Ijuí

Publicado

dia

Por

Quer receber notícias do Ijuí Notícias pelo whatsapp? Clique aqui

A Associação dos Municípios do Planalto Médio (Amuplam) ingressou neste sábado, 24, com um recurso denominado “Pedido de Reconsideração” ao Gabinete de Crise para o Enfrentamento da Epidemia de COVID-19 do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, visando reverter a classificação dos municípios de Ajuricaba, Augusto Pestana, Bozano, Campo Novo, Catuípe, Chiapetta, Condor, Coronel Barros, Crissiumal, Humaitá, Ijuí, Inhacorá, Jóia, Nova Ramada, Panambi, Pejuçara, Santo Augusto, São Martinho, São Valério do Sul, Sede Nova que por ocasião da “apuração prévia” referente à 25ª rodada (com vigência entre 27.10.2020 a 02.11.2020) do Modelo de Distanciamento Controlado do Estado do Rio Grande do Sul, foram enquadrados na bandeira vermelha.

 

No pedido a AMUPLAM argumenta que embora houve uma piora em determinados indicadores, o sistema de saúde da Região suporta este aumento.

 

Os prefeitos entendem que a partir “do exame perfunctório (superficial) das informações atribuídas aos indicadores resta evidenciada a existência de disparidades e informações conflitantes que, cristalinamente, impactam e, uma vez aferidos, decisivamente, implicarão, por medida de justiça e adequação técnico-cientifica, na alteração no cálculo da bandeira ‘preliminarmente’ atribuída a esta região, classificada como ‘Vermelha’ para ‘Laranja’ ”.

 

A Associação justifica que “pela análise dos dados hospitalares, observa-se que os leitos clínicos estão com um baixo índice de ocupação, evidenciando-se que a probabilidade de se necessitar de Leito de UTI seja baixa”. Salienta que não há falta de leitos Covid-19 fora de UTI Adulto, estando sua ocupação na taxa de 8.9% (23/10/2020), de um total de 315 leitos.

 

Ainda, identifica-se que a Região R13-Ijuí apresenta uma baixa na ocupação de Leitos de UTI Adulto, onde no dia 15/10/2020 encontrava-se com taxa de 77,8% de ocupação. Já no dia 22/10/2020 essa taxa de ocupação estava 72,2%, e no dia 23/10/2020 a taxa de ocupação de UTI Adulto encontrava-se ainda menor, em 69,4%. Ou seja, a Região teve uma considerável redução em sua taxa de ocupação de UTI Adulto, o que deve ser especialmente considerado, argumentam os municípios.

Leia também:  Imagens 3D mostram danos causados pelo coronavírus aos pulmões (VÍDEO)

 

Com a relação à Macrorregião, visualiza-se que a Ocupação de Leitos UTI Adulto teve uma elevação de 1,9% na comparação dos dados do dia 15/10/2020 com os do dia 22/10/2020. Todavia, no dia 23/10/2020 sua taxa voltou a reduzir, totalizando 62.4% em sua ocupação. Lembrando que este índice é inferior aos apontados em outras semanas quando a Região-R13 foi classificada como bandeira laranja.

 

Com relação à Ocupação dos Leitos Fora de UTI Adulto na Macrorregião Missioneira, comparando os últimos 7 dias (15/10 a 22/10), identifica-se uma redução de 1.8% em sua ocupação

 

Além disso, de maneira comparativa, visando demonstrar haver as condições necessárias para a reclassificação da bandeira definida para a Região, chama a atenção a um dos indicadores considerado o mais grave dentre os utilizados para definição das bandeiras, qual seja, “projeção de número de óbitos para o período de 1 semana para cada 100.00 habitantes”. A Região-R13 apresenta projeção com índices inferiores a muitas das outras Regiões classificadas preliminarmente com bandeira final laranja.

 

Neste indicador, a região aparece com índice de 1,55, enquanto outras regiões como as de Capão da Canoa, Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Porto Alegre, Pelotas e Santa Rosa, apresentam índices superiores, no entanto, estão enquadradas na bandeira laranja.

 

Compara-se, inclusive, o número de novos óbitos em determinadas cidades que tiveram sua região classificada como bandeira laranja com a totalidade no número de óbitos na Região-R13, que foi 02 (dois).

 

Considerando que pela adoção dos critérios dispostos §5º do art. 21 do Decreto Estadual nº 55.240, dos 20 Municípios pertencentes a R13-Ijuí apenas 05 não adotariam os protocolos estabelecidos para bandeira laranja, os demais quinze (15) municípios poderão expedir decretos para tanto, ou seja, a manutenção da bandeira vermelha não impactaria de maneira significante para estes.

Leia também:  Mulher é presa por suspeita de ocultar cadáver de tio e receber aposentadoria dele em Vacaria, diz polícia

 

A entidade também reitera  que “o atendimento hospitalar da região continua apto ao acolhimento de pacientes, vez que os Leitos Covid-19 Fora de UTI Adulto possuem somente 8.9% de taxa de ocupação (23/10/2020) entre confirmados e suspeitos Covid19, bem como a taxa de ocupação de UTI Adulto encontrasse em 69.4%, e que a maioria dos tratamentos para Covid-19 não requer hospitalização, sendo a recuperação dos pacientes acometidos pela doença realizada no âmbito domiciliar, fazendo, assim, jus a nova avaliação compensatória relativa a classificação da Região.

 

O  recurso, que é assinado pelo presidente da associação, o prefeito de Pejuçara, Eduardo Buzzatti, finaliza requerendo que sejam reanalisados os indicadores para a definição da bandeira da Região R13-Ijuí, atribuindo para esta a classificação final na bandeira laranja.

 

O mapa definitivo, que será divulgado após análise dos recursos pelo Gabinete de Crise, na tarde de segunda-feira (26/10), por meio de notícia publicada no site do governo do Estado. A vigência das bandeiras da 25ª rodada começa à 0h de terça-feira (27/10) e se encerra às 23h59 de segunda-feira (2/11).

 

Administração Municipal de Ijuí disse que só vai se manifestar após a divulgação do resultado da análise do recurso. Como segunda-feira será observado ponto facultativo por ocasião do dia do servidor público, o executivo municipal só se pronunciará na terça-feira, 27, quando também editará novo decreto, observando as exigências adequadas ao  enquadramento definido após a análise do governo do RS e a publicação do mapa definitivo das bandeiras.

Fonte: Redação Rádio Repórter

Continue lendo

Newsletter

Receba as Notícias do site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado

Mais lidas da semana