Connect with us

Policia

Quase 20 detentos que comandavam organizações criminosas foram transferidos de Charqueadas para penitenciárias federais em outros Estados

Publicado

dia

Megaoperação da SSP contou com sete aeronaves. (Foto: Rodrigo Ziebell/SSP)

A SSP (Secretaria da Segurança Pública) do Rio Grande do Sul executou nessa terça-feira o que considera a maior ação planejada até agora  pelo programa “RS Seguro”: a transferência, para penitenciárias federais em outros Estados, de 18 detentos que cumpriam sentença em Charqueadas e mesmo assim lideravam facções criminosas gaúchas. O trabalho começou durante a madrugada.

A operação, denominada “Império da Lei”, contou com um total de 1,3 mil agentes de diversos órgãos. Participaram 15 instituições de âmbito estadual ou federal, reforçadas pelo uso de 306 viaturas, seis helicópteros, um avião e quatro embarcações.

Os apenados ficarão isolados em seus novos “endereços” – por questões de segurança, a SSP não detalhou a unidade para onde cada um dos chefes de organizações criminosas foi enviado. São eles:

Alexandre dos Santos Teixeira, Bruno Fernando Sanhudo Teixeira, Cristian dos Santos Ferreira, Diogo Dutra Cachoeira, Emerson Alex dos Santos Vieira, Giodarny Bonocore da Silva, Ivan Richetti, Leandro Ribeiro Pereira, Liomar Antônio de Oliveira, Luis David Amaral de Souza, Luiz Fernando de Oliveira Jardim, Márcio Fabiano Carvalho, Marizan de Freitas, Michel de Souza da Silva, Rogerio Soares, Tiago Rafael Leges Ferreira, Vladimir Cardoso Soares e Wagner Wilian Domingues da Cruz.

Na avaliação do vice-governador e titular da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, a medida permitirá ao Estado avançar nos objetivos do primeiro e do quarto eixos do “RS Seguro” – combate à criminalidade e qualificação do sistema prisional. “É um momento muito importante do nosso planejamento para tornar o Rio Grande do Sul mais seguro para se viver e investir”, frisou.

O titular da Seapen (Secretaria de Administração Penitenciária), Cesar Faccioli, ressaltou por sua vez que a “Império da Lei”, argumentou que a transferência e o isolamento de líderes do sistema carcerário se mostram necessários e que a operação continua: “A manutenção da ordem dentro e fora das unidades prisionais após esse ‘Dia D’ é uma missão comum dos integrantes dessa força-tarefa interinstitucional”.

Leia também:  Vacinação contra a Influenza começa no dia 23 e prioriza idosos

Acompanhando de perto parte da operação, o governador Eduardo Leite, mencionou como fundamental para o sucesso da ofensiva a soma de esforços das 15 instituições das esferas estadual e federal. “Seguiremos trabalhando com os demais Poderes e instituições, em todos os níveis, para assegurar o rigor na punição de criminosos e a proteção que a sociedade gaúcha merece”, discursou.

Força-tarefa

Pela esfera estadual atuaram a BM (Brigada Militar), Polícia Civil, IGP (Instituto-Geral de Perícias), CBM (Corpo de Bombeiros Militar), Susepe (Superintendência dos Serviços Penitenciários), Ministério Público e Poder Judiciário. A SES (Secretaria Estadual da Saúde) apoiou com acompanhamento do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Já no que se refere ao governo federal, o Ministério da Justiça e da Segurança Pública determinou o apoio do Depen (Departamento Penitenciário Nacional) e da Seopi (Secretaria de Operações Integradas), cujos agentes se somaram aos da PF (Polícia Federal), PRF (Polícia Rodoviária Federal), Abin (Agência Brasileira de Inteligência) e Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica).

forças de segurança reforçaram o patrulhamento ostensivo em pontos estratégicos levantados pela área de inteligência da operação, em especial nas regiões de atuação dos transferidos.

Foi intensificada a presença com tropas dos Batalhões de Polícia de Choque da capital e do interior e de forças táticas para a realização de abordagens e barreiras nos locais elencados, o que fez o efetivo total envolvido na operação superar 1,3 mil. Para prevenir reações e garantir a manutenção da ordem pública, esse reforço nas ações de policiamento será mantido por tempo indeterminado.

(Marcello Campos)

O Sul

Patrocinado
Clique para comentar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policia

PRF prende pai e filha grávida com 2 kg de crack em Paverama

Publicado

dia

Por

Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal prendeu pai e filha grávida e apreendeu 2 quilos de crack na madrugada desta terça (19), na BR 386, em Paverama, que seriam levados de Porto Alegre a Crissiumal, no interior do estado.

 

Durante operação de enfrentamento à criminalidade, policiais rodoviários federais abordaram um automóvel Fusion que tinha como ocupantes pai e filha, de 53 e 26 anos respectivamente, ambos moradores de Crissiumal. A passageira, gestante, afirmou que havia viajado a Porto Alegre para realizar exames médicos, porém apresentou muito nervosismo durante a abordagem.

 

Na bolsa da mulher foram encontradas duas porções de cocaína, o que motivou os agentes federais a realizarem uma busca minuciosa no veículo. No interior de uma caixa que era transportada no assoalho, junto aos pés da passageira, foram localizados dois tabletes que totalizaram 2 quilos de crack.

Pai e filha foram presos por tráfico de drogas e encaminhados, com o material ilícito apreendido, à polícia judiciária de Lajeado.

Continue lendo

Ijuí

Prisão por Porte Ilegal de Arma de Fogo em Ijuí

Publicado

dia

Por

No início da madrugada de hoje (17/05/2020), as guarnições do Policiamento Comunitário e do 3BPCHQ foram acionadas para averiguar a informação sobre uma ocorrência de perturbação do sossego alheio em uma residência localizada na Linha 04 Leste, Interior de Ijuí.

 

Os policiais deslocaram até o local onde se apresentou no portão da residência como responsável um indivíduo, que ao ser questionado sobre o volume do som, tentou se evadir correndo para o interior do terreno dispensando aparelhos celulares.

Ele foi alcançado, abordado e identificado como: um homem de 37 anos natural de Ijuí, detentor de antecedentes criminais. Foi procedida a busca pessoal e localizado em sua cintura um revolver calibre .32 oxidado marca Rossi, com 6 munições intactas.

 

Diante dos fatos os policiais deram voz de prisão sendo conduzido até a UPA de Ijuí para o exame de lesões e em seguida até a Delegacia de Polícia para a lavratura do flagrante pelo porte ilegal de arma de fogo.

 

COMANDO DO 29ºBPM/IJUÍ-RS

Continue lendo

Ijuí

Prisão em Ijuí por Tráfico de Entorpecentes

Publicado

dia

Por

Na noite deste sábado (16/05/2020), durante o patrulhamento tático motorizado no município de Ijuí, as equipes do 3°BPCHQ e Força Tática do 29°BPM, receberam informações de populares que havia um indivíduo comercializando drogas em um beco no Bairro Osvaldo Aranha.

 

As guarnições prontamente deslocaram ao local, realizando incursão a pé, e visualizado um indivíduo suspeito na entrada do beco, junto a Av. Nações Unidas. O mesmo ao perceber a aproximação das equipes, jogou um objeto não identificado em um telhado sendo logo em seguida abordado e identificado como sendo um homem de 33 anos, natural de São José dos Campos/SP.

Durante a busca pessoal foi encontrado com o abordado 01 aparelho celular e no interior de um pochete: 8 buchas grandes de maconha, 17 buchas pequenas de maconha(aproximadamente 100g), e R$ 681,00. Posteriormente foi localizado o referido objeto no telhado telhado, tratando-se de uma mochila contendo um tijolo de erva semelhante a maconha pesando 290 g, e um tablet marca CCE.

 

Diante dos fatos os policiais deram voz de prisão ao acusado, que foi conduzido até a UPA para exames médicos e em seguida apresentado na DPPA, juntamente com todo o material apreendido, onde foi lavrado o flagrante pelo tráfico de entorpecentes.

 

COMANDO DO 29ºBPM/IJUÍ-RS

Continue lendo

Newsletter

Receba as Notícias do site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana

Notícias no seu WhatsApp whatsapp