Connect with us

Geral

SINE IJUÍ para terça-feira 18/08 MAIS DE 80 VAGAS disponíveis

Publicado

dia

Quer receber notícias do Ijuí Notícias pelo whatsapp? Clique aqui

FGTAS/SINE IJUÍ

CANAL DE INTERMEDIAÇÃO

 

–       VAGAS MASCULINO

             

  • AUXILIAR DE FUNILARIA (ens. fund/com exp.)
  • DE PRODUÇÃO (cnhB/ens.médio/ 3vagas)
  • DE PRODUÇÃO (serv. pesado/sem exp/2vags
  • ARMADOR ( p/ Bozano.. 2 vagas)
  • AVALIADOR DE IMÓVEIS (ens. médio/c/ MEI)
  • CARPINTEIRO ( p/ Bozano..2 vagas)
  • ELETRICISTA DE MANUTENÇÃO (NR10)
  • ELETROTÉCNICO (experiência/disp. p/ viagens)
  • INSTALADOR HIDRÁULICO (sem experiência)
  • MECÂNICO DE MANUTENÇÃO INDUSTR.
  • MECÂNICO P/ BOMBAS HIDRÁULICA
  • MECÂNICO DE MOTOS (experiência na função)
  • MOTORISTA DE CARRETA(p/ viagens nacionais e internacionais/ cnh E/ total de 30 vagas)
  • OPERADOR DE CALDEIRA
  • OPERADOR DE ETE (resíduos industriais)
  • PEDREIROS ( 4 vagas/experiência em carteira)
  • PROGRAMADOR DE SIST. COMPUTADORES
  • REPOSITOR (ensino médio/experiência)
  • TÉCNICOS AGRÍCOLAS (cnh B / 9 vagas)
  • VENDEDOR INTERNO (ramo automóveis/pneus)

 

 

VAGAS FEMININA

 

– COSTUREIRA (experiência)  

– EMPREGADA DOMÉSTICA

– PASSADEIRA DE INDUSTRIAL (com experiência)

– VENDEDORA INTERNA (exp./ramo ótico)

– VENDEDOR PRACISTA (carro próprio/telefonia)

 

1.     VAGAS INDIFERENTE

 

–  AÇOUGUEIRO (experiência)

–  ATENDENTE DE PADARIA (experiência)

–  ESTAGIÁRIO (cursando arquitetura/engenharia)

–  GARÇOM ( com experiência)

–  OPERADOR DE CAIXA (experiência/ 2vagas)

–  SOLDADOR ( ambos sexos/experiência)

–  TÉCNICO DE INFORMÁTICA (experiência comp

–  VENDEDOR DE CONSÓRCIOS(carro próp/5vag

 

Com Fé e esperança em DEUS , seguimos buscando novas oportunidades de trabalho, porque tudo isso vai passar  e nossa comunidade e município merecem a retomada dos empregos e renda.    #todoscontraocoronavirus

 

                                         MARCELO GONZAGA

                                         Coordenador do SINE

 

 

Continue lendo
Patrocinado
Clique para comentar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Município do RS adota ‘toque de recolher’ como estratégia de combate à Covid-19

Publicado

dia

Por

Foto: Prefeitura de Erechim
Quer receber notícias do Ijuí Notícias pelo whatsapp? Clique aqui

Moradores não podem circular das 22h às 5h, com exceções

Para a prevenção ao contágio à Covid-19, a Prefeitura do município de Erechim, no Rio Grande do Sul, adotou novas medidas nesta segunda-feira (23). Entre elas, está o ‘toque de recolher’, que estabelece que os habitantes não podem circular nas ruas das 22h às 5h – exceto para exceto para as empresas concessionárias do transporte coletivo, serviços de transporte de funcionários das empresas e indústrias, serviços de entrega de produtos alimentícios e farmacêuticos e para o funcionamento dos serviços essenciais.

Nesta segunda-feira, o município também reiterou a declaração de estado de calamidade pública em todo o território municipal. De acordo com a Prefeitura, houve um aumento expressivo no número de casos ativos nos últimos boletins, além das taxas de ocupação dos leitos clínicos e de UTI – que ultrapassaram as marcas de 80% e 60% respectivamente – entre outros dados que justificam a adoção de novas regras para o município.

O decreto também estabelece horário para o funcionamento do comércio varejista e atacadista, além do funcionamento de restaurantes.

Veja o que ficou definido através do decreto, publicado pela Prefeitura de Erechim:

Art. 1.º Ficam estabelecidas regras transitórias e excepcionais, tendo em vista coibir o aumento dos casos de coronavírus (COVID-19) em nossa cidade, conforme previsto neste Decreto.

Art. 2.º Fica estabelecido o funcionamento do comércio varejista não essencial (rua), atendimento presencial restrito, de segunda a sábado, das 9h às 17h.

Art. 3.º Fica estabelecido o funcionamento do comércio atacadista não essencial, atendimento presencial restrito, de segunda-feira a sábado, das 9h às 17h.

Art. 4.º Fica estabelecido o funcionamento dos comércios de veículos, atendimento presencial restrito, de segunda-feira a sábado, das 9h às 17h.

Art. 5.º Fica estabelecido o funcionamento dos restaurantes a la carte, prato feito e lancherias, atendimento presencial restrito,  no horário das 7h às 17h, após este horário apenas na modalidade telentrega, vedada a telebusca.
Parágrafo único. Fica proibido o funcionamento dos restaurantes, lancherias e  similares, que funcionarem na modalidade autosserviço (self-service/buffet).

Art. 6.º Fica estabelecido o funcionamento dos supermercados,  mercados, mercearias, fruteiras, padarias, açougues e similares, no horário das 7h às 19h, sendo permitida a entrada de uma pessoa por família e proibida a entrada de crianças com idade inferior a 12 anos.

Art. 7.º Fica proibido o funcionamento e atividades dos clubes sociais, esportivos e academias, exceto aos clubes esportivos profissionais, desde que cumpram com as regras sanitárias exigidas em Decreto Estadual.

Art. 8.º Os prestadores de serviços seguem as disposições previstas em Decreto Estadual, para a Bandeira Vermelha.

Art. 9.º As indústrias seguem as disposições previstas em Decreto Estadual, para a Bandeira Vermelha.

Art. 10. Fica determinado o fechamento dos espaços públicos e os privados de uso coletivo, tais como praças, santuários, parques, balneários, piscinas,  quadras de esportes e centros desportivos,  não podendo ser utilizados para permanência de usuários, mesmo de forma individual.

Art. 11. Fica proibida  a circulação de pessoas e veículos nas vias públicas no horário compreendido das 20h às 5h, TOQUE DE RECOLHER, exceto para as empresas concessionárias do transporte coletivo, serviços de transporte de funcionários das empresas e indústrias, serviços de entrega de produtos alimentícios e farmacêuticos e para o funcionamento dos serviços essenciais.
Parágrafo único. Ficam permitidos os deslocamentos de pessoas e veículos para atendimento aos serviços essenciais, no horário das 20h às 5h.

Art. 12.  Os demais casos não previstos neste Decreto seguirão o previsto em Decreto Estadual para a Bandeira Vermelha.

Art. 13. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, com efeitos enquanto perdurar a classificação do Município de Erechim na Bandeira Vermelha do  Sistema de Distanciamento Controlado, previsto pelo Governo Estadual.

CLICRDC

Leia também:  Obra de alfaltamento ligando a BR 285 até a Vila Floresta em Ijuí
Continue lendo

Geral

Ijuí fica na bandeira vermelha, Cruz Alta, Santo Ângelo e Santa Rosa na laranja

Publicado

dia

Por

Quer receber notícias do Ijuí Notícias pelo whatsapp? Clique aqui

Na 29ª rodada, o mapa definitivo do modelo de Distanciamento Controlado terá, a partir desta terça-feira (24/11), oito regiões em bandeira vermelha (risco epidemiológico alto). O Gabinete de Crise deferiu, nesta segunda-feira (23/11), cinco pedidos de reconsideração enviados por municípios e associações regionais.

Assim, o Rio Grande do Sul fica com oito regiões em bandeira vermelha e 13 em bandeira laranja (risco epidemiológico médio). As bandeiras da 29ª semana são válidas até as 23h59 de segunda-feira (30/11). Devido ao alto número de bandeiras vermelhas, o governador Eduardo Leite apresentou o mapa em transmissão ao vivo pelas redes sociais.

Os pedidos de reconsideração das regiões Covid de Santa Maria, Guaíba, Caxias do Sul, Porto Alegre e Lajeado foram acatados pelo Gabinete de Crise. Por isso, permanecem em bandeira laranja nesta semana.

Por outro lado, a equipe técnica optou por rejeitar os pedidos das regiões de Novo Hamburgo, Passo Fundo e Uruguaiana. Essas três regiões se somam a Capão da Canoa, Canoas, Ijuí, Palmeira das Missões e Erechim, que não enviaram pedidos de reconsideração. Das oito regiões em vermelho, apenas Uruguaiana não aderiu ao sistema de cogestão.

Veja o mapa definitivo em https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br

Em Santa Maria, o pedido foi aceito porque a região tem taxa de ocupação de leitos de UTI abaixo de 80% e os indicadores regionais apresentaram variações de impacto razoável. A região havia sido enquadrada na bandeira vermelho devido à situação macrorregional, por causa dos indicadores de Uruguaiana.

Em Lajeado, por mais que a ocupação esteja aumentando, a região ainda apresenta mais de 80% de leitos clínicos disponíveis.

Em Guaíba, a região apresentou melhora na média ponderada final (1,90 para 1,68) e reduziu consideravelmente o número de internados na região, mantendo capacidade satisfatória de leitos disponíveis para atendimento.

Leia também:  Corsan retoma serviços de corte e cobrança e lança facilidades para os clientes com dívidas

Na região de Caxias do Sul, os indicadores são similares aos de outras semanas, apesar do aumento significativo desta semana. Os registros de hospitalizações confirmadas para Covid-19 registradas nos últimos sete dias aumentaram 23%, de 111 para 137. A elevação mais forte nesta semana ainda está abaixo dos níveis vistos nos momentos em que a região esteve em bandeira vermelha por largo período.

Por fim, a região de Porto Alegre apresentou uma leve melhora na média ponderada (de 1,79 para 1,75) e tendência leve de crescimento das taxas de internação nos últimos dias. O Gabinete de Crise optou por manter a bandeira laranja, chamando atenção, no entanto, para a relação de leitos livres por leitos ocupados por Covid. É a pior relação das últimas nove semanas na macrorregião Metropolitana.

A equipe de monitoramento dos dados alerta que é preciso observar a evolução da doença na macrorregião Metropolitana, que concentra 4,4 milhões de habitantes, durante os próximos sete dias. O esgotamento desta macrorregião e região impactaria negativamente na resposta à pandemia em todo o Estado.

Das 21 regiões Covid, apenas Uruguaiana, Bagé e Guaíba não aderiram ao sistema compartilhado. As outras 18 já adotam protocolos alternativos às bandeiras definidas pelo governo – Cachoeira do Sul, Canoas, Capão da Canoa, Caxias do Sul, Cruz Alta, Erechim, Ijuí, Lajeado, Novo Hamburgo, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santa Rosa, Santo Ângelo e Taquara.

Os planos regionais aprovados estão disponíveis em https://planejamento.rs.gov.br/cogestao-regional

Regra 0-0

Na 29ª rodada, o RS tem 3.970.735 habitantes, o que corresponde a 35% da população gaúcha (total de 11,3 milhões de habitantes), em bandeira vermelha, distribuídos entre os 234 municípios (do total de 497) classificados como de alto risco de contágio de coronavírus.

Leia também:  Covid-19: Denúncias de aglomerações estão deixando de ser atendidas por falta de fiscais disponíveis

Desses, 105 municípios (426.536 habitantes, 3,8% da população gaúcha) podem adotar protocolos de bandeira laranja, porque cumprem os critérios da Regra 0-0, ou seja, não têm registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias, desde que a prefeitura crie um regulamento local.

Além disso, do total de 263 municípios em bandeira laranja ( 7.358.870 habitantes, 65% da população do RS), 125 (724.390 habitantes, 6,4% da população em bandeira laranja) podem adotar protocolos de bandeira amarela.

• Clique aqui e acesse a lista de municípios que se enquadram na Regra 0-0.

Atividades presenciais nas escolas

Conforme regra definida na 28ª rodada pelo Gabinete de Crise, a abertura das escolas e a manutenção das atividades presenciais nos colégios não será interrompida com a classificação da região em bandeira vermelha durante uma semana. É necessário que a região ingresse na segunda semana consecutiva em bandeira vermelha para que as escolas não possam abrir em uma região ou, se já abertas, devam fechar.

As regiões de Novo Hamburgo, Canoas, Ijuí e Capão da Canoa foram classificadas pela segunda semana consecutiva em bandeira vermelha. De acordo com a nova regra, as escolas privadas e públicas deverão interromper as aulas que já estavam ocorrendo ou adiar o retorno, caso ainda não estivessem recebendo alunos de forma presencial.

Vale lembrar que eventos só podem ocorrer em municípios que autorizarem e que estão no processo de retomada escolar. A condição foi estabelecida como forma de elencar uma prioridade na retomada de atividades.

As atividades presenciais nas escolas de Educação Infantil foram retomadas em 8 de setembro. No dia 21 de setembro, foi a vez das instituições de Ensino Superior, Ensino Médio e Ensino Técnico, e no dia 28 de outubro, a do Ensino Fundamental. O Ensino Médio estadual iniciou o retorno em 20 de outubro e, no dia 12 de novembro, foi dado início ao retorno do Ensino Fundamental.

Leia também:  Brigada Militar apreende armas e munições em Ijuí

RESUMO DA 29ª RODADA

BANDEIRA VERMELHA (8)
Novo Hamburgo (em cogestão)
Passo Fundo (em cogestão)
Capão da Canoa (em cogestão)
Canoas (em cogestão)
Ijuí (em cogestão)
Palmeira das Missões (em cogestão)
Erechim (em cogestão)
Uruguaiana

BANDEIRA LARANJA (13)

Santa Maria (em cogestão)
Guaíba
Lajeado (em cogestão)
Santo Ângelo (em cogestão)
Santa Rosa (em cogestão)
Cruz Alta (em cogestão)
Bagé
Taquara (em cogestão)
Cachoeira do Sul (em cogestão)
Santa Cruz do Sul (em cogestão)
Pelotas (em cogestão)
Caxias do Sul (em cogestão)
Porto Alegre (em cogestão)

• Clique aqui e acesse o levantamento completo da 29ª semana do Distanciamento Controlado após a avaliação de pedidos de reconsideração

Texto: Suzy Scarton
Edição: Marcelo Flach/Secom

Continue lendo

Geral

Morre homem que foi pisoteado por bois no interior de Passo Fundo

Publicado

dia

Por

Quer receber notícias do Ijuí Notícias pelo whatsapp? Clique aqui

Na manhã desta segunda-feira (23), faleceu devido os ferimentos, o senhor Pedro Luiz Dalle Zotte, de 90 anos, que foi pisoteado pelo gado, no último sábado em sua propriedade no Passo do Cruz, interior de Passo Fundo.

O fato ocorreu quando a vítima, entrou na mangueira, onde havia concentrado cerca de 150 cabeças de gado para o abate, que seriam carregados na sequência.

Seu Pedro, foi socorrido pela equipe do Samu e conduzido ao Hospital de Clínicas com diversos ferimentos, passando inclusive por cirurgia e ficando em estado grave.

Segundo informações, a vítima teve fraturas nas costelas, hemorragia e uma perfuração de pulmão.

Seu Dalle Zotte, pecuarista, agricultor e grande carreirista do Passo do Cruz, deixa sua esposa dona Almeri Dalle Zotte de 80 anos, e sete filhos vivos, quinze (15) netos, seis (06) bisnetos.

Fonte: Rádio Uirapuru

Continue lendo

Newsletter

Receba as Notícias do site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado

Mais lidas da semana